Publicidade

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Federação Paranaense e TJD esperam súmula para decidir nova data de Atletiba cancelado

Federação Paranaense e TJD esperam súmula para decidir nova data de Atletiba cancelado

O cancelamento da partida entre Atlético Paranaense e Coritiba, válido pelo Campeonato Paranaense 2017, já iniciou mais desdobramentos nos seus bastidores. A Federação Paranaense de Futebol (FPF) e o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-PR) esperam o recebimento da súmula da partida para decidir sobre uma nova data para o clássico, que não aconteceu por conta da entidade não autorizar a transmissão da partida pela internet e os clubes se recusarem a entrar em campo por conta da decisão.

“Temos que aguardar a súmula do árbitro e provavelmente os desdobramentos do TJD. Não temos como antecipar porque temos que estudar a situação, algo inédito, de os times não aceitaram disputar uma partida e não seguirem o regulamento”, afirmou o advogado da FPF, Emerson Fukushima, em entrevista ao globoesporte.com.

De acordo com o que estiver escrito na súmula, também existe a possibilidade do TJD oferecer uma possível denúncia sobre a não realização do Atletiba. Em nota conjunta, os dois clubes reforçaram as críticas à Federação e pediram desculpas aos seus torcedores pelos transtornos.

“O Coritiba Foot Ball Club e o Clube Atlético Paranaense informam que o clássico deste domingo (19), no Estádio Atlético Paranaense, não foi realizado devido à decisão da Federação Paranaense de Futebol de não autorizar o início da partida com a transmissão dos clubes em seus canais oficiais, no Facebook e YouTube, contrariando os interesses de seus afiliados CAP e CFC.”

Tanto Furacão quanto Coxa não venderam os seus direitos de transmissão para o Grupo Globo, que transmite o campeonato paranaense, por não concordarem com os valores oferecidos pela rede de tv. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário