sábado, 17 de julho de 2021

Vitória amplia "jejum" e perde por 1 a 0 para o Brasil de Pelotas

 

O Vitória não conseguiu encerrar o jejum de triunfos na Série B e sofreu uma nova derrota, desta vez para o Brasil de Pelotas, por 1 a 0. A partida foi disputada fora de casa, na manhã deste sábado (17), pela 12ª rodada.

O único gol da partida foi marcado pelo lateral Vidal, do time adversário. O resultado piora a situação do Leão, que está na 18ª colocação, com nove pontos, e chegou ao sétimo jogo sem vencer.

O próximo compromisso do Vitória é na terça-feira (20), às 21h30, contra a Ponte Preta, no Barradão.


Como estão se formando as eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022?

 

Agora que a Copa América de 2021 terminou, a Argentina foi coroada campeã e acabou com a seca de 28 anos por causa dos talheres de prata, as atenções agora voltam-se para o retorno à classificação para a Copa do Mundo de 2022 no Qatar.
A pandemia já pagou para que os jogos fossem adiados várias vezes, e as partidas adiadas foram agora remarcadas. As eliminatórias não voltam até o início de setembro – e pretendem terminar em março do próximo ano. Com uma pausa na ação, continue lendo à medida que completamos a ação até agora, para que você esteja melhor informado para fazer uma previsão no site de apostas online.
Brasil flutuante
Eles podem ter sido derrotados por pouco na final da Copa América, mas quando se trata da classificação para a Copa do Mundo, a equipe de Tite lidera o caminho. O Brasil não só garantiu seis vitórias em tantos jogos, como também foi letal na frente do gol – e são os maiores goleadores, com 16 gols. A vitória por 5×0 sobre a Bolívia deu o pontapé inicial em sua campanha e, desde então, o país provou ser mortal – sofrendo apenas em um thriller de 4×2 contra o Peru, no qual ficou duas vezes para trás. A Seleção ainda não jogou contra a Argentina, com o encontro original em Recife remarcado para outubro – mas não há como negar depois dessa decepção, eles vão tentar superar seus rivais, e manter a série de vitórias.
A Argentina está invicta
Assim como o Brasil, a Argentina é a única outra seleção ainda a experimentar a derrota em 2022 nas eliminatórias para a Copa do Mundo. Com os quatro primeiros classificados automaticamente para o torneio no próximo ano, Lionel Scaloni não ficará muito agitado com um saco misto de resultados – três vitórias e três empates de suas primeiras seis partidas. No entanto, eles foram obrigados a trabalhar duro – tendo ficado para trás contra a Bolívia para garantir uma vitória, além de ter conquistado um ponto do Paraguai. Sua vantagem de dois gols contra a Colômbia na rodada mais recente foi uma oportunidade perdida – com um nivelador de 90+4 minutos dando aos colombianos uma parte dos despojos.
Equador inconsistentemente consistente
Se você poderia dizer uma coisa sobre o Equador até agora nas qualificações, é que não há meio-termo – eles ganham, ou perdem. E a equipe de Gustavo Alfaro teve um começo decente, depois de sofrer uma derrota para a Argentina – com vitórias estreitas mas impressionantes sobre o Uruguai (4×2) e a Bolívia (3×2). Uma martelada de 6×1 contra a Colômbia foi um destaque especial, mas desde então não tem sido mais do que uma derrota. Com as brechas começando a se abrir, em toda a mesa, o Equador vai querer um rápido retorno à forma para poder solidificar seu lugar entre os quatro primeiros – ninguém quer ter que suportar a repescagem.
Batalha pela quarta: Uruguai contra Colômbia
E com os quatro primeiros classificados automaticamente, e o quinto lugar entrando na repescagem interconfederação, as coisas não poderiam estar mais próximas entre Uruguai e Colômbia. É preciso dizer que o Uruguai tem a vantagem, tendo vencido seus rivais no terceiro dia de jogo em Barranquilla. Os dois se reencontram no dia 7 de outubro, quando as coisas ainda poderiam estar tão apertadas. As duas equipes venceram, perderam e empataram duas partidas cada – e é o saldo de gols do Uruguai que as mantém no topo.
O pelotão de perseguição
Embora tudo ainda esteja por jogar, as cinco equipes restantes precisam começar a ganhar pontos no quadro se quiserem se classificar para a Copa do Mundo de 2022. O Paraguai poderia se considerar como especialista em sorteios, e eles estão apenas um ponto atrás da Colômbia.
O Chile tem tido uma campanha decepcionante. Eles recebem as estrelas do futebol brasileiro, Neymar e Cia. em sua próxima partida – e quem sabe quando eles ganharão um ponto. Como o Paraguai, eles venceram uma vez em seis partidas e estão a dois pontos da vaga na repescagem.
Venezuela e Peru estão enraizados aos pés da mesa – com apenas quatro pontos cada um em seis partidas. É o Peru que ostenta a pior forma, apesar da vitória de 2×1 sobre o Equador em sua última partida. Uma série de quatro derrotas reduziu suas chances de classificação.
Entretanto, com 10 jogos restantes – tudo ainda está por jogar!

Olimpíada: Time Brasil já tem 140 atletas treinando no Japão

 

A oito dias da Cerimônia de Abertura da Olimpíada, o Time Brasil (delegação brasileira para o megaevento esportivo) já tem 140 atletas de 11 modalidades espalhados pelo território japonês. O grupo ocupa atualmente quatro das oito bases exclusivas do Comitê Olímpico do Brasil e uma vila satélite, com estrutura completa.

O cavaleiro João Victor Marcari Oliva foi o primeiro atleta brasileiro a entrar na Vila Olímpica em Tóquio, na noite desta quinta-feira (15) (manhã no horário de Brasília).

Nesta quinta-feira também desembarcaram na terra dos Jogos Olímpicos três atletas de taekwondo que ficam em Ota, localizada a aproximadamente 14 quilômetros da capital, e sete do judô, que seguiram para Hamamatsu, uma viagem de 250 quilômetros.

A base brasileira em Ota é a que concentra o maior número de atletas. Estão no local as equipes feminina e masculina de handebol, o boxe, as duplas de vôlei de praia e a seleção masculina de vôlei. Em Hamamatsu já estão o judô e o tênis de mesa. Em Nagato, que fica a mais de 780 quilômetros de Tóquio, está o rugby. E em Enoshima, a 75 quilômetros da principal cidade japonesa, ficam os representantes da vela. Os atletas de canoagem slalom, que teve em Ana Sátila a primeira atleta do país a chegar em Tóquio para os Jogos, estão treinando na cidade.

Sagamihara, que fica nas redondezas de Tóquio (aproximadamente 50 quilômetros), também já está bem agitada. Dez atletas da natação chegaram na última terça-feira (13). Um dia depois a seleção feminina de vôlei começou a treinar por lá.

O Time Brasil terá uma delegação recorde no Japão: 302 atletas, em 35 modalidades. Os maiores números da história do país em uma edição realizada no exterior, sendo 31 medalhistas e 18 campeões olímpicos.


sexta-feira, 16 de julho de 2021

Seleção feminina de futebol embarca para os jogos olímpicos

 

A seleção feminina de futebol olímpico embarca nesta quinta-feira (15) para Tóquio, onde disputada os jogos olímpicos na modalidade. Tendo à frente a técnica Pia Sundhage, Marta e companhia buscam o primeiro ouro olímpico na modalidade. O voo parte de Portland (EUA) às 14hs (de Brasília).

A Seleção Feminina embarca nesta quinta-feira (15) rumo ao Japão. Com os Jogos Olímpicos no horizonte, a delegação brasileira seguirá de vôo fretado saindo de Portland, às 10h (14h Horário de Brasília), com destino a Tóquio.

Às vésperas da estreia, Andressa Alves revelou que o foco das atividades tem sido voltado para o setor ofensivo. “Pelo fato da Pia ser europeia, a gente vem trabalhando muito tecnicamente, taticamente principalmente”, afirmou a atleta. “Estamos chegando bem preparadas, claro que têm seleções que são favoritas, mas quando a gente veste essa camisa do Brasil temos sempre que lutar pelo primeiro lugar”, destacou.


Bahia anuncia contratação do meia argentino Lucas Mugni

 


O Bahia anunciou na tarde desta sexta-feira a contratação do meia-atacante argentino Lucas Mugni, de 29 anos. O atleta chega para suprir a saída do meia Thaciano, que viajou para a Turquia para acertar com o Altay, time recém-promovido à primeira divisão local.

O novo reforço tricolor teve sua última passagem pelo time turco Gençlerbirligi, mas já atuou no Brasil em outras oportunidades. Lucas Mugni surgiu no futebol da Argentina e chegou a ser especulado por gigantes da Europa, mas foi comprado pelo Flamengo, em 2014, quando assinou por quatro temporadas. 

Nascido na mesma cidade (Santa Fé) e formado na mesma equipe (Colón) do zagueiro Germán Conti, o atleta que teve convocações para seleções de base e principal de seu país. O meia fechou contrato até o final de 2022 com o Esquadrão.

Além do rubro-negro carioca, Lucas defendeu Newell's Old Boys-ARG, Rayo-ESP, Everton-CHI, Lanús-ARG e Oriente Petrolero-BOL até retornar ao Brasil para atuar pelo Sport Recife, em janeiro de 2020.

Lucas é canhoto, possui 1,83 m de altura e tem chegada prevista para este fim de semana.


quinta-feira, 15 de julho de 2021

Jardine avalia seleção olímpica após goleada no último amistoso antes dos Jogos

 


O técnico André Jardine avaliou a seleção brasileira olímpica masculina de futebol após a goleada aplicada sobre os Emirados Árabes Unidos por 5 a 2, na tarde desta quinta-feira (15) no Brasil. O amistoso aconteceu no estádio Karadorde, em Novi Sad, na Sérvia, e foi o último teste antes da estreia nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. O treinador pontuou a falta de ritmo do selecionado.

 

"Tem muito jogador vindo de férias. Para metade do time, praticamente, é o primeiro jogo da temporada, ainda sem ritmo. Acho que um pouquinho dos gols perdidos tem muito disso, falta um pouquinho de ritmo, de precisão no acabamento. Os próprios gols que a gente sofreu, falta um timing, um ritmo a mais", analisou.

 

Porém, Jardine está esperançoso na melhora da equipe. Alguns jogadores que se juntaram ao elenco recentemente já na Sérvia, como o volante Douglas Luiz e o atacante Richarlison, que disputaram a Copa América pela seleção principal. Além da dupla, o meia-atacante Malcom, conseguiu a liberação do Zenit de última hora e vai se encontrar com o grupo já em Tóquio no próximo domingo (18). Ele vai substituir Douglas Augusto, que foi cortado por lesão.

 

"O amistoso nos coloca um passo a frente do nível que a gente estava hoje, com mais treinamentos, para fazermos algumas correções, evoluir mais alguma coisa e, com o acréscimo dos jogadores que estão chegando, acho que vamos estrear num nível melhor. Com certeza, teremos que crescer ao longo da competição para chegar a um nível para poder adicionar a medalha", completou.

 

Integrante do Grupo D do torneio olímpico, o Brasil estreia contra a Alemanha, na próxima quinta (23), às 8h30 no horário de Brasília, no estádio de Yokohama, uma reedição da decisão da Rio-2016, vencida pelo time Canarinho. Dois dias depois, às 5h30, o adversário será a Costa do Marfim, no mesmo local. O último desafio da primeira fase será diante da Arábia Saudita, dia 28, às 5h, no estádio Saitama. Os dois melhores colocados das oito chaves avançam para as quartas de final.


segunda-feira, 12 de julho de 2021

Pâmela Rosa lidera skate nacional rumo à medalha olímpica em Tóquio-2020

 

Uma das novidades da Olimpíada de Tóquio-2020, o skate chega com grande expectativa de sucesso dos atletas brasileiros. Nas modalidades street e park, o país conta com 12 atletas, todos com chances de brigar pelas medalhas.
 

Mas é o street feminino que atrai as atenções por causa do trio a ser enviado a Tóquio, liderado por Pâmela Rosa, 23, e com Rayssa Leal, 13, e Letícia Bufoni, 28, respectivamente líder, segunda e quarta do ranking.
 

Pâmela, por sinal, dominou o circuito no último ano, vencendo cinco dos sete torneios que disputou, além de ter sido segunda em um e quarta no outro.
 

Natural de São José dos Campos (SP), ela foi campeã mundial em 2019 e possui 2 ouros, 3 pratas e 2 bronzes nos X Games, a Olimpíada radical. Por isso, é considerada a favorita à medalha de ouro em Tóquio.
 

Mas quem também pode surpreender é Rayssa, conhecida como a Fadinha do Skate. Aos 13 anos, ela já é frequente nos pódios do circuito mundial e já mostrou que vai brigar por medalha, assim como a experiente Letícia Bufoni, campeã mundial em 2015 e vice nos três anos seguintes, além de maior vencedora dos X Games, com 5 ouros, 3 pratas e 3 bronzes.
 

A maior rival das brasileiras é a japonesa Aori Nishimura, 3ª do ranking e campeã mundial este ano, mas a torcida brasileira pode esperar um pódio completo.
 

No street masculino, os representantes do país são Kelvin Hoefler, Felipe Gustavo e Giovanni Vianna. Já na modalidade park, os trios são Pedro Quintas, Pedro Barros e Luiz Francisco, no masculino, e Yindiara Aps, Dora Varela e Isadora Pacheco, no feminino.


Conmebol libera retorno de público em suas competições caso autoridades autorizem

 

Um dia depois da final da Copa América ocorrer com a presença de público no Maracanã, a Conmebol divulgou comunicado em que incentiva o retorno de torcedores aos estádios nas próximas partidas da Libertadores e da Sul-Americana, contanto que as autoridades locais autorizem.

Entre uma série de recomendações feitas para que o retorno dos torcedores aos estádios ocorra com segurança, está a sugestão para que, em um primeiro momento, somente torcedores já vacinados e os com testes negativos para Covid, tenham a possibilidade de comprar ingressos.

As oitavas de final da Libertadores e da Sul-Americana começam a ser disputadas nesta terça-feira.

domingo, 11 de julho de 2021

Itália vence a Inglaterra nos pênaltis e se torna bicampeã da Eurocopa

 

Depois de um empate em 1 a 1 no tempo regulamentar, a Itália venceu a Inglaterra em sua casa, no estádio de Wembley, na disputa de pênaltis e se consagrou bicampeã da Eurocopa neste domingo (11).

Rashford e Sancho, que entraram quase no minuto final somente para bater os pênaltis, cobraram e perderam para a Inglaterra. O primeiro, bateu para fora, enquanto o segundo parou nas mãos de Donnaruma. Para a Itália, Belotti e o brasileiro naturalizado italiano Jorginho foram superados pelo goleiro Pickford.

Na última cobrança, o meia Saka cobrou no canto direito à meia altura e Donnaruma agarrou, para desespero da torcida inglesa.

A final da Eurocopa só havia sido definida uma vez nos pênaltis, em 1976, quando a extinta Tchecolosvaquia foi campeã contra a Alemanha.

No tempo regulamentar, o gol da Inglaterra surgiu nos primeiros cinco minutos com um belo chute, de primeira, do lateral-esquerdo Luke Shaw, que marcou o seu primeiro com a camisa da seleção, levando a torcida em Wembley à loucura.

Não demorou para a reação da Itália, que dois minutos depois colocou uma bola por cima do travessão em uma cobrança de falta de Insgine. A Inglaterra marcava bem, enquanto a Azzurra mantinha a posse de bola e tentava encontrar uma brecha. O meia-atacante Chiesa foi um dos destaques do time, com boa movimentação e uma finalização perigosa antes do fim do primeiro tempo que assustou o goleiro Pickford.

Na segunda etapa, a Itália continuou atacando, principalmente com Insigne, que quando não errava o alvo, encontrava Pickford inspirado. Apesar da pressão nos minutos finais, o primeiro tempo terminou com a vantagem da Inglaterra.

Somente aos 18 minutos a Inglaterra voltou a aparecer com perigo no campo ofensivo, em uma cobrança de escanteio, mas o goleiro italiano Donnaruma mostrou que estava ligado e espalmou a cabeçada de Stones.

Menos de cinco minutos depois, contudo, a Itália empatou. Também em lance de escanteio, a bola pinga na pequena área da Inglaterra, o meia Verrati voa de peixinho e acerta a trave. No rebote, o zagueiro Bonucci aparece para apenas empurrar para as redes.

Prorrogação

Com o fim do tempo regulamentar, as equipes voltaram para a prorrogação dispostas a matar o jogo. Apesar da tentativa da Inglaterra, a Itália seguia um pouco superior e criava mais chances de gol.

Confusão

Enquanto a festa acontecia dentro do Estádio de Wembley, do lado de fora um grupo de torcedores protagonizou uma confusão ao forçar a entrada e avançarem contra um cordão policial. Há relatos de agressão de torcedores.

A Uefa, responsável pela organização da Eurocopa, se manifestou sobre as tentativas de invasão.

“Os torcedores têm pulado barreiras, mas não conseguiram acesso ao estádio, então não há preocupação de que algum protocolo seja acionado para o fechamento deste estádio”, disse.


Argentina vence Brasil e é campeã da Copa América 2021

 


A Argentina conquistou a vitória da Copa América 2021, após derrotar o Brasil em partida final a noite deste sábado (10). Com o resultado, a seleção brasileira ficou em segundo lugar no campeonato.

O time argentino levou a partida por 1 a 0, com um gol de Angel Di Maria ainda no primeiro tempo. Foi a primeira vitória da seleção albiceleste em 28 anos. A última taça da Argentina foi em 1993.

Esse também é o primeiro título internacional de Lionel Messi, jogando na seleção argentina. Nas redes sociais, o jogador classificou a conquista como uma “loucura linda” e completou com “isso é incrível”, agradecendo a Deus pelo resultado.



Com gol sofrido nos acréscimos, Bahia perde para o São Paulo no Morumbi

 

Matheus Teixeira até fez excelentes defesas para manter o Bahia sonhando com um bom resultado fora de casa, mas Liziero marcou aos 46 minutos do segundo tempo para dar o triunfo ao São Paulo no Morumbi, em jogo válido pela 11ª rodada do Brasileirão, na noite deste sábado (10). 

 

O resultado acaba com a sequência positiva conquistada pelo Esquadrão nas últimas rodadas, contra Chapecoense e Juventude. 

 

O Tricolor Baiano estará de volta a Salvador no próximo domingo (18), para enfrentar o Flamengo, pela 12ª rodada do Brasileirão. 


Vitória empata com o Confiança e chega a cinco jogos sem vencer na Série B

 

O Vitória empatou em 1 a 1 com o Confiança, neste sábado (10), no Batistão, em Aracaju (SE). Os donos da casa saíram na frente com gol marcado por Daniel Penha aos seis minutos do primeiro tempo. O time rubro-negro igualou aos 34, também na etapa inicial, em tento anotado pelo uruguaio Pablo Siles.

 

Com o empate, o Vitória chegou aos oito pontos e saiu do Z-4 da Série B. O time rubro-negro agora é o 16º colocado. No entanto, a equipe completou cinco partidas sem vencer. No período, foram três derrotas e dois empates.

 

O próximo jogo do Vitória é na terça-feira (13) contra o Sampaio Corrêa, às 21h30, no Barradão, pela 11ª rodada.


GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO