GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO

sábado, 24 de julho de 2021

Brisbane, na Austrália, é escolhida como sede da Olimpíada de 2032

 

A cidade de Brisbane, na Austrália, vai ser o palco das Olimpíadas e das Paralimpíadas de 2032. Depois de uma votação na 138ª Sessão, em Tóquio, o Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou nesta quarta-feira (21) a cidade australiana como futura sede dos Jogos Olímpicos, logo após Paris 2024 e Los Angeles 2028.

Brisbane era candidata única na eleição desta quarta e recebeu 72 dos 77 votos válidos. Houve três abstenções.

Esta será a terceira vez que a Austrália vai sediar as Olimpíadas. Em 1956, Melbourne foi o palco dos Jogos. No ano 2000, Sydney sediou a competição. Capital do estado de Queensland, Brisbane está na costa leste da Austrália e tem um clima mais favorável para a realização dos Jogos que Melbourne e Sydney. Após o anúncio do COI, houve grande festa.


CBF planeja volta do público nas quartas da Copa do Brasil

 

A CBF pretende iniciar a volta do público em competições organizadas no país nas quartas de final da Copa do Brasil, a partir do final de agosto. No momento, o torneio está nas oitavas de final – que tem a presença dos baianos Vitória, Bahia e Juazeirense e começa na próxima semana. As informações são do GE.

Disputado em mata-mata, o torneio seria um laboratório para a elaboração de protocolos para o retorno das torcidas em definitivo. A medida, contudo, depende de autorização de governos estaduais e municipais.

Presidente em exercício da CBF, o coronel Nunes enviou ofício às federações estaduais para que estas entidades negociem com as autoridades locais. O Brasil já abriga jogos com torcida, na Libertadores e na Sul-Americana. As duas competições são organizadas pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol).


quinta-feira, 22 de julho de 2021

Brasil vai desfilar com apenas quatro pessoas na abertura de Tóquio para evitar casos de Covid

 

O Brasil vai desfilar com apenas quatro pessoas na cerimônia de abertura das Olimpíadas de Tóquio, que acontece nesta sexta-feira. Visando minimizar os riscos no contexto de pandemia, apenas Bruninho, do vôlei, e Ketleyn Quadros, do judô, serão os atletas presentes. Os porta-bandeiras do Time Brasil serão acompanhados por Marco La Porta, chefe de missão, e mais um oficial administrativo.

Quatro é o número mínimo de integrantes na cerimônia exigido pelo Comitê Olímpico Internacional, contando atletas e oficiais.

A cerimônia de abertura começa às 8h (horário de Brasília) desta sexta-feira.


Richarlison brilha e Brasil vence Alemanha na estreia dos jogos olímpicos

 

Em jogo de seis gols e pênalti desperdiçado, o Brasil venceu a Alemanha por 4 a 2, nesta quinta-feira (22), em estreia dos jogos olímpicos de Tóquio. O atacante Richarlison, três vezes, e Paulinho marcaram os gols a favor da seleção brasileira, enquanto Amiri e Ache descontaram para os alemães.

Com o resultado, o Brasil se firmou na liderança do Grupo D pelo saldo de gols. A Costa do Marfim venceu a Arábia Saudita e está empatado em número de pontos com a seleção brasileira.

O próximo compromisso da seleção canarinho será diante da Costa do Marfim, no Estádio Yokohama Internacional, no domingo (25), às 05h30 (horário de Brasília).


quarta-feira, 21 de julho de 2021

Em primeiro jogo nas Olimpíadas, seleção feminina de futebol goleia China

 

A seleção feminina de futebol estreou com goleada nas Olimpíadas de Tóquio, contra a China. O jogo, que começou às 5h da manhã (de Brasília), terminou com um placar de 5 x 0, com dois gols da atacante Marta. Com o feito, a atleta se torna a primeira jogadora a marcar em cinco edições das Olimpíadas. O jogo foi a estreia do Brasil na competição esportiva.

O placar repete a melhor estreia da amarelinha nas Olimpíadas, conhecida por vencer as primeiras partidas nos Jogos. O próximo confronto da seleção feminina na competição acontece no próximo sábado (24), às 8h da manhã, contra os Países Baixos. Já a seleção masculina de futebol entra em campo contra a Alemanha às 8h30 desta quinta (21).


Vitória vence a Ponte Preta e escapa do Z4

 

Depois de completar um mês sem vencer na Série B do Campeonato Brasileiro, o Esporte Clube Vitória finalmente conseguiu um resultado positivo na competição. Equipe comandado por Ramon Menezes bateu a Ponte Preta, na noite de terça-feira (20), pelo placar mínimo, e saiu da zona de rebaixamento da competição.

Com o resultado diante do clube paulista, o Leão subiu para a 15ª posição da tabela. Agora o rubro negro baiano possui 12 pontos acumulados em um retrospecto de duas vitórias, seis empates e cinco derrotas.

O Vitória volta a campo às 21h de sábado (24), diante do CSA. A partida, válida pela 14ª rodada, acontece no Estádio Rei Pelé, em Maceió.


segunda-feira, 19 de julho de 2021

Conselho Deliberativo do Bahia homenageia os ex-atletas Cláudio Adão e Osni

 

O Conselho Deliberativo do Bahia homenageou os jogadores Cláudio Adão e Osni. A dupla recebeu o diploma do mérito esportivo. Enquanto os conselheiros Fernando Passos e Saul Quadros, falecido no último dia 2 de julho (leia aqui), receberam a Comenda Waldemar Costa. As honrarias foram definidas em reunião realizada na manhã deste sábado (17).

 

O ex-atacante Cláudio Adão jogou no Bahia entre 1987 e 1991. Já o baixinho Osni, que também era atacante, teve três passagens pelo Tricolor. A primeira foi 1978, depois em 1980 e a última atuou entre 1982 e 1984, ajudando o time a conquistar o heptacampeonato baiano.


domingo, 18 de julho de 2021

Bahia é goleado pelo Flamengo em Salvador e se afasta do G4

 

O Esporte Clube Bahia perdeu a segunda partida consecutiva na Série A do Campeonato Brasileiro, neste domingo (18). Tricolor recebeu o Flamengo em Pituaçu e foi derrotado por 5 a 0. Gabigol, três vezes, Pedro e Vitinho anotaram os gols do confronto.

O Bahia não sofria cinco gols em uma única partida desde setembro de 2020, quando perdeu por 5 a 3 justamente para o Flamengo, também em Pituaçu, em partida válida pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro do ano passado.

Com o revés desta noite, o Esquadrão caiu momentaneamente para a oitava posição da tabela. Até o momento, são 17 pontos acumulados pelo time de Dado Cavalcanti em cinco triunfos, dois empates e cinco derrotas.

Já o Flamengo subiu para a sexta colocação. Agora, o rubro negro carioca possui 18 pontos em apenas 10 jogos disputados.

Bahia volta a campo no próximo domingo (25), às 11h. O adversário desta vez será o Atlético Mineiro. A partida, válida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, será realizada no Independência, em Belo Horizonte.

Hamilton vence GP da Inglaterra pela oitava vez em corrida controversa

 

Lewis Hamilton venceu o Grande Prêmio da Inglaterra pela oitava vez neste domingo (18), apesar de uma penalidade de 10 segundos por uma colisão na primeira volta que fez o rival da Red Bull, Max Verstappen, sair da corrida.

O piloto da Mercedes, que está agora apenas 8 pontos atrás de Verstappen no campeonato após 10 corridas, tirou a liderança de Charles Leclerc da Ferrari a duas voltas do fim, enquanto uma multidão de 140.000 pessoas se erguia para aplaudi-lo.

O companheiro de equipe de Hamilton, Valtteri Bottas, foi o terceiro, após obedecer uma ordem da equipe para deixar Hamilton passar e perseguir Leclerc em uma corrida interrompida após o acidente com Verstappen.

A vitória foi a 99ª da carreira do heptacampeão mundial Hamilton e a quarta na atual temporada.

Foi também o pior resultado possível para Verstappen, que iniciou na pole position com 33 pontos de vantagem e buscava a quarta vitória consecutiva, mas acabou de mãos vazias e foi hospitalizado para exames.

“Isso é um sonho para mim hoje, fazer isso na frente de todos vocês”, disse Hamilton à maior multidão que compareceu a um evento esportivo no Reino Unido desde o início da pandemia. A corrida do ano passado foi disputada sem espectadores.

“Eu sempre tento ser comedido na forma como me aproximo, principalmente disputando com o Max, ele é muito agressivo. E hoje eu estava totalmente do lado dele e ele não deixou espaço.

“Independentemente de concordar ou não com a penalidade, eu apenas continuei trabalhando..

Leclerc também manteve a cabeça erguida depois de perder o que teria sido a primeira vitória da Ferrari desde 2019.

“Eu não dei 100%, mas dei 200%. Eu dei tudo de mim, mas não foi o suficiente nas duas últimas voltas”, disse o monegasco.

Não houve nenhum ponto concedido para a volta mais rápida, já que o mexicano Sergio Perez, da Red Bull, não conseguiu ficar entre os 10 primeiros para garantir o bônus.


Bruninho e Ketleyn Quadros serão os porta-bandeiras do Brasil na abertura dos Jogos

 

A bandeira do Brasil surgirá na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, na próxima sexta-feira (23), carregada pelas mãos da judoca Ketleyn Quadros, primeira mulher a conquistar uma medalha em provas individuais em Pequim 2008, e do jogador de vôlei Bruninho, campeão olímpico na Rio 2016, prata em Pequim 2008 e Londres 2012. O anúncio foi feito pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) nesta sexta (16) no horário de Brasília.

 

"Foi duro lidar com uma realidade tão diferente. Mas me deu a oportunidade de viver o presente. Consegui trabalhar muito a parte mental e seguir em frente como podia em meio a essa experiência nada agradável pela qual o mundo inteiro está passando. Isso me fortaleceu. Fiquei feliz por sair transformada de um momento tão difícil. Aprendi a comemorar todas as vitórias. Estou pronta para essa responsabilidade. Aquela garota que estreou nos Jogos 13 anos atrás não imaginava que chegaria a esse lugar", disse a judoca.

 

Ketleyn será a terceira mulher na história a carregar a bandeira do Brasil na abertura da Olimpíada. Antes dela, a ex-jogadora de vôlei de praia Sandra Pires em 2000, e a ex-atleta de pentatlo moderno Yane Marques em 2016 haviam conduzido o símbolo do país. Já em termos de judô, Walter Carmona em Seul 1988 e Aurélio Miguel em Barcelona 1992 foram os escolhidos.

 

Capitão da seleção brasileira masculina de vôlei, Bruninho comemorou a oportunidade de carregar a bandeira na cerimônia.

 

"É uma emoção, uma honra muito grande. Existe uma realização individual, mas me sinto mais um representante do vôlei e de tudo que ele simboliza para o povo brasileiro. Só pretendo fazer algum tipo de conta ao final da minha carreira, não consigo me comparar a nomes tão grandes como esses agora", afirmou ao lembrar que repetirá a ação de ícones como Adhemar Ferreira da Silva, bicampeão olímpico no salto triplo, e Robert Scheidt, bicampeão na vela.

 

Bruninho disse que guardou segredo de ter sido escolhido como porta-bandeira, mas contou apenas para a mãe, a ex-jogadora Vera Mossa, e para o pai, Bernardinho, técnico de vôlei.

 

"Eu falei para ele porque tem muito dele nisso. Não só pela medalha, por ele ser um medalhista olímpico, de uma geração que abriu portas para tanta gente. Mas, também, por ter sido o treinador de gerações maravilhosas e vitoriosas. Meu pai vai estar também ali, cumprindo esse papel", falou.


Sem goleiro Brenno, seleção olímpica masculina de futebol desembarca em Tóquio

 

A seleção olímpica de futebol masculino desembarcou em Tóquio neste sábado (17). A delegação chegou na capital japonesa sem o goleiro Brenno, que testou positivo para a Covid-19 em exames feitos antes do embarque e ficou na Sérvia, onde o grupo realizou uma parte da preparação. Ele aguarda o resultado da contraprova para saber se seguirá para o Japão ou não.

 

O atleta já havia sido diagnosticado com a doença pelo Grêmio, clube onde joga, no dia 17 de junho. Naquela ocasião, ele apresentou sintomas leves e cumpriu quarentena. O novo teste positivo do jogador não é algo incomum. Essa possibilidade existe mesmo após 14 dias de isolamento. Na apresentação à seleção olímpica, o exame do arqueiro deu negativo.

 

Neste domingo (18), o selecionado receberá um novo componente. O meia-atacante Malcom, do Zenit se juntará ao grupo. Ele substitui Douglas Augusto, do PAOK, que foi cortado por lesão. Com isso, o técnico André Jardine contará com 20 jogadores, já sem Brenno. Nesse mesmo dia, o elenco fará a primeira atividade em Tóquio.

 

Integrante do Grupo D, o Brasil estreia contra a Alemanha, na próxima quinta-feira (22), às 8h30 no horário de Brasília, no estádio de Yokohama, numa reedição da decisão dos Jogos da Rio-2016. Naquela ocasião, o time Canarinho bateu os alemães e conquistou a medalha de ouro.