domingo, 13 de abril de 2014

Em jogo de superação Skiva empata com Ypiranga e classifica-se para próxima fase do campeonato valenciano de futebol

Skiva
Pela última rodada da primeira fase do campeonato valenciano de futebol o Skiva garantiu classificação nesse domingo (13) ao empatar com o Ypiranga pelo placar de 2 a 2. O Amarelo e Preto da Vila Operária abriu o placar no primeiro tempo com wilson cobrando penalt. Na segunda etapa o Ypiranga ampliou para 2 a 0. Com um jogador a menos, o time da moda não acomodou-se e foi em busca do placar, Ricardinho e Ademilson marcaram para o vermelho e preto empatando a partida. Com o resultado o Skiva que jogava pelo empate, conseguiu carimbar o passaporte para segunda fase da competição
Skiva
A arbitragem. Ezequias árbitro central, Mateus e China assistentes e Gilmar árbitro reserva, realizaram um bom trabalho, recebendo uma média de 9,3 pela atuação na partida.

Autores dos gols
 Wilson
 Ademilson
 Marquinhos Talisca
Ricardinho
Com a decisão do campeonato do Jacaré e o festival de prêmios realizado em Valença, além das decisões dos campeonatos estaduais, principalmente o Ba x Vi, contribuíram para que o público fosse o menor da competição até essa data. 222 pagantes proporcionaram uma renda de R$ 970,00. Interessante que as despesas da rodada totalizaram R$ 970,00, tendo a Liga isentando os 10% da mesma conforme rege regulamento. Com isso nem Skiva, nem Ypiranga levaram valor algum nos seus borderôs.


























Os Originais vencem Kiosk e carimba classificação antecipada no campeonato de futebol da Baixa Alegre

Os Originais venceram mais um jogo do campeonato de futebol da Baixa Alegre. Em sua terceira partida na competição, o time do presidente Dico manteve a invencibilidade com 100% de aproveitamento. Com gols de Augusto César, Luan e Caçambeiro (contra), tendo Bismark diminuido, Os Originais venceram pelo placar de 3 a 1. Com o resultado o alvi negro chegou aos 9 pontos, isolando-se na liderança do grupo A e garantindo classificação para próxima fase. O Kiosk terminou sua participação na competição, dando adeus ao campeonato com apenas 1 ponto conquistado nos 4 jogos disputados.O Kiosk que em 2013 foi vice campeão, não repetiu a boa campanha e foi eliminado neste domingo.






Real Bate Quente vence Real Jambeiro e mantém esperança de classificação


Em mais uma rodada do campeonato de futebol da Baixa Alegre a equipe do Real Bate Quente venceu o Real Jambeiro pelo placar de 1 x 0, com gol marcado por Rudval. Com o resultado a equipe que conquistou hoje seus 3 primeiros pontos, mantem acesa a chama da classificação e voltará a jogar próximo dia 27 de abril contra o Juventude. Já o Real Jambeiro que terminou sua participação na primeira fase permanecendo com 6 pontos ganhos, mantendo-se igual ao Barca de Quinta com 3 gols de saldo, ficará na torcida pelos confrontos de Juventude x Barca de Quinta, Juventude x Real Bate Quente e Barca de Quinta x Nova Geração, Nesse grupo, todos tem chances de classificação.

 árbitro reserva - Farofa
 Elivan e Papa Côco - assistentes e Guillard - árbitro central
 Real Jambeiro
Rudval

'Lepo, Lepo': Bahia empata e conquista o 45º título Baiano

'Lepo, Lepo': Bahia empata e conquista o 45º título Baiano
Era necessário o empate ou uma derrota por um gol de diferença, e o Bahia soube aproveitar o regulamento muito bem. O tricolor, como visitante, não se intimidou. Saiu na frente, abriu 2 a 0, mas não segurou o resultado. Conteve o ímpeto rubro-negro, arrancou o empate em 2 a 2 e conquistou o 45º título do Campeonato Baiano da sua história. Os gols do esquadrão foram marcados pelo volante Fahel e o experiente meia Lincoln, enquanto Juan e Ayrton marcaram pelo leão.
 
Agora está tudo igual na história. Com o troféu, na história dos estaduais, o Bahia igualou o confronto e agora são 18 conquistas para cada lado. Quer mais? É mais uma partida sem perder para o Vitória, aumentando assim a invencibilidade para sete partidas consecutivas.
 
Fora de campo, o presidente Fernando Schmidt é tetracampeão. Eleito no ano passado, após intervenção judicial, o mandatário tricolor volta a comemorar um baianão além do tri consecutivo entre 1972 e 1974.

Fonte:bahianoticias

Com gol nos acréscimos, Flamengo empata com Vasco e é campeão

wagner Meier/AGIF
O Flamengo conquistou o título Carioca na tarde deste domingo no Maracanã, ao empatar em 1 a 1 com o Vasco da Gama. Por ter realizado a melhor campanha na primeira fase da competição, a equipe da Gávea tinha a vantagem do empate nos dois jogos da decisão, que teve o primeiro capítulo no último domingo, pelo mesmo placar.
Douglas, de pênalti, abriu o placar para o Vasco aos 30 do segundo tempo. Mas num final emocionante, com a torcida Cruzmaltina gritando "olé" e já comemorando o título, o Flamengo chegou ao empate aos 46 minutos com Márcio Araújo e explodiu sua torcida. É o 33º título carioca do Flamengo, time com maior número de conquistas do Estadual.
Fonte:gazetaesportiva

Ituano obtém título histórico com vitória sobre o Santos nos pênaltis

Chegar à final do Campeonato Paulista deixando grandes para trás não foi suficiente para o Ituano. A equipe do interior de São Paulo voltou a se agigantar na decisão, no Pacaembu, e, depois de perder por 1 a 0 para o Santos, levou a melhor na disputa por pênaltis: 7 a 6.
Foi uma conquista histórica e quase inédita para a formação rubro-negra, que havia triunfado na edição de 2002 do Estadual, disputada sem as quatro principais forças. Desta vez, apostando no jogo coletivo comandado pelo novato e competente técnico Doriva, o time foi maior do que os grandes.
O Ituano entrou na final de domingo em vantagem por ter vencido o confronto de ida, também no Pacaembu, pelo placar mínimo. Na segunda partida, abdicou de jogar até o intervalo e foi castigado com um gol de pênalti, sofrido – em posição de impedimento – e batido por Cícero nos acréscimos. As ações se equilibraram na etapa final, e o troféu teve de ser disputado nos pênaltis.
Foi o Santos que pulou na frente nos tiros da marca penal, com a defesa de Aranha no chute de Anderson Salles, na segunda rodada de batidas. Rildo acertou a trave na quarta cobrança, no entanto, e deixou igual a disputa, que se estendeu até a oitava série. Vágner caiu no canto esquerdo, pegou o chute de Neto e deu ao Ituano o maior título de sua história.
Fonte:gazetaesportiva

Resultados - Futebol