GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO

sábado, 25 de abril de 2020

Fifa anuncia ajuda de quase R$ 840 milhões a associações durante pandemia

Fifa anuncia ajuda de quase R$ 840 milhões a associações durante pandemia

A Fifa anunciou nesta sexta-feira (24) que vai ajudar financeiramente as associações nos próximos dias. A medida, que significará um total de US$ 150 milhões (quase R$ 840 milhões), é a primeira etapa de um plano para dar apoio à comunidade do futebol afetada pela crise gerada pela covid-19.

O valor será dividido entre 211 órgãos nacionais em todo o mundo.

"A pandemia causou desafios sem precedentes para toda a comunidade do futebol e, como órgão mundial, é dever da FIFA estar lá e apoiar aqueles que enfrentam necessidades", disse o presidente da Fifa, Gianni Infantino. "Isso começa fornecendo assistência financeira imediata às nossas associações, muitas das quais estão passando por graves dificuldades financeiras. Este é o primeiro passo de um amplo plano de assistência financeira que estamos desenvolvendo para responder à emergência em toda a comunidade futebolística."

Como parte da medida, todos os direitos remanescentes das associações a custos operacionais no âmbito do Programa Forward 2.0 serão liberados integralmente para os anos de 2019 e 2020. Em particular, a liberação da segunda parcela dos custos operacionais para 2020, originalmente prevista com vencimento em julho, será paga imediatamente.

Em circunstâncias normais, as associações membros da Fifa receberiam apenas o valor total da contribuição mediante o cumprimento de critérios específicos. Em vez disso, a entidade está transferindo esse valor como um suporte ativo para ajudar a proteger o futebol.

Essa assistência financeira imediata deve ser usada para mitigar o impacto financeiro do COVID-19 no futebol nas associações, ou seja, para cumprir as obrigações financeiras ou operacionais que eles possam ter com relação a funcionários e terceiros.

quinta-feira, 23 de abril de 2020

Copa do Nordeste pode ser concluída em sede única

Foto: divulgação/CBF

Suspensa em razão da pandemia do novo coronavírus, a Copa do Nordeste pode ser concluída em sede única. A proposta é do presidente da Liga do Nordeste, Eduardo Rocha, e foi divulgada pelo Globo Esporte. A Lampions, como a competição é chamada por torcedores, têm mais 16 jogos para ser finalizada – oito da rodada final da primeira fase e oito confrontos nas quartas, semi e final.
Segundo Eduardo Rocha, a sede única minimizaria riscos das viagens e otimizaria o tempo. Só seria adotada se os jogos forem reprogramados sem torcida.
“Vamos ter uma reunião com os clubes e a proposta é que os jogos sejam disputados em única sede, com espaçamento de dois dias entre eles. Temos só que ver como faremos com a última rodada classificatória”, afirmou o dirigente.
O torneio tem as participações de Bahia e Vitória representando o estado. Caso a sede única prevaleça, a possibilide maior é de a competição ocorrer em Recife, que tem estádios próprios dos times Sport, Santa Cruz e Naútico e a Arena Pernambuco, erguida para a Copa do Mundo de 2014.

Coronavírus cancela cerca de metade dos eventos esportivos do ano


Eventos esportivos do mundo todo estão em hiato desde aproximadamente a metade de março, mas ainda que os números de casos sejam reduzidos, o impacto da pandemia do novo coronavírus no setor será sentido por algum tempo. Pesquisa aponta que apenas 53% das principais programações esportivas para 2020 provavelmente ocorrerão neste ano.
Segundo um estudo feito pela agência de marketing esportivo norte-americana Two Circles, somente 26.424 atividades esportivas serão concluídas até o fim de 2020, com a possibilidade de que mais sejam canceladas conforme a covid-19 se espalhar globalmente. Antes havia aproximadamente 48.803 eventos esportivos agendados para este ano - levando em conta aqueles considerados profissionais e competitivos com uma participação projetada de pelo menos 5 mil pessoas.
Devido à interrupção abrupta, a indústria global esportiva irá render apenas R$ 392 bilhões (US$ 73,7 bilhões) em receitas em 2020. Isso representa cerca de R$ 328 bilhões (US$ 61,6 bilhões) a menos do projetado antes da pandemia da Covid-19. Para efeitos de comparação, em 2019, este mesmo setor da indústria gerou R$ 686 bilhões (US$ 129 bilhões) em receita e estava prevendo um crescimento em 4,9% ano a ano.

Marcelo e Militão estariam em lista de dispensas do Real Madrid, diz jornal

Marcelo e Militão estariam em lista de dispensas do Real Madrid, diz jornal

O lateral-esquerdo Marcelo e o zagueiro Éder Militão podem estar com os dias contados no Real Madrid. De acordo com o jornal espanhol Sport, o clube Merengue prepara uma lista de dispensas com 11 jogadores, dentre eles a dupla brasileira. Outro nome de peso que pode deixar o Santiago Bernabéu é o meio-campista croata Luka Modric. Até o técnico francês Zinedine Zidane pode se transferir para a Juventus, da Itália.

Além de Marcelo, Militão e Modric, o Real Madrid também colocou jogadores como o colombiano James Rodríguez, o galês Gareth Bale e o sérvio Luka Jovic. Na última quarta-feira (15), o camisa 10 da seleção da Colômbia teve o nome especulado pelo jornal inglês The Sun como possível reforço do Manchester United (leia mais aqui).

Na atual temporada espanhola, o Real Madrid ocupa a segunda posição da liga nacional com 56 pontos, dois a menos do rival Barcelona que lidera o certame. O campeonato está paralisado devido a pandemia do coronavírus. Já na Liga dos Campeões da Europa, que também foi suspensa, os Merengues haviam perdido o jogo de ida contra o Manchester City por 2 a 1, faltando o duelo de volta para definir o confronto das oitavas de final.

Catar suspende obras de estádios para Copa após operários testarem positivo para Covid-19

Catar suspende obras de estádios para Copa após operários testarem positivo para Covid-19

O governo local do Catar determinou a suspensão temporária da construção dos estádios para a Copa do Mundo em 2022 depois de operários terem testado positivo para a Covid-19. 

As obras chegavam a ter três turnos, que se revezaram durante 24 horas, nos canteiros das estruturas que estão sendo feitas para receber o evento. Até então, oito trabalhadores tiveram confirmação da contaminação pelo coronavírus e vários outros apresentaram sintomas. 

Sete novos estadios estao sendo construidos para a Copa do Mundo e os operários que testarem positivo estavam trabalhando em três deles. De acordo com o GloboEsporte.com, a Fifa e os responsáveis pela organização do evento no Catar ainda nao quiseram avaliar se a paralisação causará atrasos na conclusão das obras. 

quarta-feira, 22 de abril de 2020

CBF lança campanha e arrecada R$ 5 milhões para famílias carente


Durante a pandemia do novo coronavírus, diversas entidades, clubes e atletas dos mais variados esportes têm feito campanhas para auxiliar aqueles prejudicados por conta da doença. Nesta terça-feira, a CBF anunciou o “Movimento Seleção Solidária”, campanha beneficente que auxiliará 32 mil famílias em situação de vulnerabilidade por dois meses.
A ação da Confederação Brasileira de Futebol é conjunta com a comissão técnica e 41 jogadores recentemente convocados para a Seleção Brasileira. As doações somaram R$ 2,5 milhões, valor que foi dobrado pela CBF como compromisso aos atletas, totalizando R$ 5 milhões.
De acordo com nota oficial publicada pela CBF, o valor possibilitará o atendimento de 32 mil famílias pelos próximos dois meses, através das entidades Ação da CidadaniaCentral Única das Favelas (CUFA) e Transforma Brasil. A ajuda será feita a partir da compra de cestas básicas de alimento, limpeza e higiene pessoal.
“O futebol está na vida dos brasileiros. Muito importante contribuirmos também nesse momento tão difícil. Esta é uma mobilização conjunta da CBF, dos atletas e da comissão técnica que levará esperança a milhares de famílias”, afirmou Rogério Caboclo, presidente da entidade máxima do futebol brasileiro.
Em sua segunda fase, o “Movimento Seleção Solidária” convocará outros atletas e torcedores em geral para adquirir novas adesões para campanha, podendo atender um número ainda maior de pessoas. Todos os valores doados e repassados às instituições, bem como a aplicação desses recursos serão auditados pela EY, que atuará de forma voluntária neste projeto.

Os interessados em contribuir com a ação beneficente poderão fazer seus depósitos diretamente na conta corrente da Ação da Cidadania, divulgada no site da CBF e que irá centralizar a arrecadação e depois repassará parte dos recursos para as outras duas entidades do projeto.

Os atletas e membros da Seleção Brasileira que participaram da arrecadação foram: Bruno Guimarães, Bruno Henrique, Casemiro, César Sampaio, Cléber Xavier, Daniel Alves, Danilo, David Neres, Diego Ribas, Douglas Luiz, Éder Militão, Ederson, Everton, Everton Ribeiro, Fábio Mahseredjian, Felipe, Fernandinho, Filipe Luís, Gabriel Barbosa, Gabriel Jesus, Geromel, Guilherme Passos, Hamilton Correia, Juninho Paulista, Lucas Paquetá, Luis Vagner Vivian, Marquinhos, Matheus Bachi, Miranda, Neymar, Pablo, Paulinho, Philippe Coutinho, Renan Lodi, Renato Augusto, Richarlison, Roberto Firmino, Rodrigo Caio, Rodrigo Lasmar, Rodrygo, Rogério Caboclo, Santos, Taffarel, Taison, Tite, Thiago Silva, Thomaz Koerich, Vinícius Rodrigues, Weverton e Willian.

Bahia abre venda de ingressos simbólicos para jogo histórico contra o Fluminense

Um título de glória! Há 30 anos, o Bahia chegava ao topo do país ...

O Bahia deu início nesta quarta-feira (22) a venda dos ingressos simbólicos para a reprise do jogo histórico diante do Fluminense, pela semifinal do Campeonato Brasileiro de 1988. Conforme anunciado pelo presidente Guilherme Bellintani durante a live no Bahia Notícias (assista aqui) nesta terça (21), a partida, vencida pelo Tricolor baiano por 2 a 1, será exibida no próximo sábado (25), às 14h30, pelo canal fechado "SporTV". Os bilhetes virtuais custam R$ 5.

Os torcedores do Tricolor podem adquirir os ingressos virtuais no aplicativo oficial do clube baiano ao acessar a seção "Cupons". A arrecadação será destinada ao programa Dignidade aos ídolos, que ajuda os ex-jogadores que estão marcados na história do Bahia. Quem comprar receberá uma cópia do bilhete original do histórico jogo, além de cupons de descontos.

O triunfo sobre o Fluminense naquele jogo colocou o Bahia na final do Brasileirão contra o Internacional. A partida entre os dois tricolores aconteceu na Fonte Nova, que recebeu um público recorde de 110.438 pessoas, o maior de todos os tempos do estádio.

Proposta para transmissão do Brasileirão no exterior é de US$ 40 mi

Foto: divulgação Flamengo

Os times brasileiros tem na mesa uma proposta de US$ 40 milhões (cerca de R$ 209 milhões) para a transmissão do Campeonato Brasileiro ao exterior. A oferta valeria por quatro temporadas (até 2023), segundo informou o Globo Esporte.com. Uma comissão de clubes debate o tema em reunião virtual nesta sexta-feira (17).
Sem jogar desde o final de semana de 14 e 15 de março, os clubes contabilizam perdas de bilheteria, cotas de TV em exibição nacional adiadas, patrícinios e sócio-torcedor. O recurso novo viria em excelente hora, mas deve-se lembrar que negociações semelhantes terminaram frustradas em 2018 e 2019.
Segundo o Globo Esporte, os clubes ainda tentam melhorar os valores em contraproposta. Nesta de US$ 40 mi, 75% seriam divididos para clubes da Série A; 20% para a B (que pode ter a transmissão também em edições futuras) e 5% para a C. Cada divisão tem 20 times.
O Athletico-PR não quer participar da venda de direitos internacionais. O presidente do Athletico, Mario Celso Petraglia, discorda dos valores apresentados.A oferta, por sinal, ainda é considerada baixa (em cada ano de contrato, um clube da Série A receberia menos de R$ 3 milhões pela fatia que tem direito, de um total de cerca de R$ 8 milhões). Mas há, na direção oposta, times como o atual campeão Flamengo (foto), para quem, mesmo o valor não sendo o ideal, pode ser importante para a visibilidade dos clubes fora do país.

terça-feira, 21 de abril de 2020

Estádio no deserto e em formato de flor: veja lugares exóticos do futebol

O novo estádio do Guangzhou Evergrande terá o formato de flor de lótus. A cidade de Guangzhou é conhecida como “cidade das flores”. A expectativa é que o estádio comporte mais de 100 mil pessoas

O novo estádio do Guangzhou Evergrande terá o formato de flor de lótus. A cidade de Guangzhou é conhecida como “cidade das flores”. A expectativa é que o estádio comporte mais de 100 mil pessoas


Estádio no meio da água? É isso mesmo. Em Singapura, o Estádio Flutuante Marina Bay tem capacidade para 30 mil pessoas. As arquibancadas, no entanto, estão em terra firme

Estádio no meio da água? É isso mesmo. Em Singapura, o Estádio Flutuante Marina Bay tem capacidade para 30 mil pessoas. As arquibancadas, no entanto, estão em terra firme


A Allianz Arena, casa do Bayern de Munique, é um dos estádios mais modernos do mundo. No entanto, de longe seu formato lembra o de um pneu

A Allianz Arena, casa do Bayern de Munique, é um dos estádios mais modernos do mundo. No entanto, de longe seu formato lembra o de um pneu


O Estádio Al Wakrah, no Qatar, será utilizado na Copa do Mundo de 2022. O projeto foi pensado em homenagem a velas de um tradicional barco utilizado por pescadores da região

O Estádio Al Wakrah, no Qatar, será utilizado na Copa do Mundo de 2022. O projeto foi pensado em homenagem a velas de um tradicional barco utilizado por pescadores da região


Na África do Sul tem também o “estádio losango”. O Mmabatho chama atenção por sua forma, que tem lances de arquibancada em níveis diferentes

Na África do Sul tem também o “estádio losango”. O Mmabatho chama atenção por sua forma, que tem lances de arquibancada em níveis diferentes


O Estádio de la Licorne, casa do Amiens, da França, tem uma estrutura com uma material todo transparente

O Estádio de la Licorne, casa do Amiens, da França, tem uma estrutura com uma material todo transparente


O Ninho do Pássaro, na China, foi sede das Olimpíadas de 2008. Sua forma é inspirada justamente, como diz o nome, em ninhos de pássaros, que são considerados como iguarias da culinária chinesa

O Ninho do Pássaro, na China, foi sede das Olimpíadas de 2008. Sua forma é inspirada justamente, como diz o nome, em ninhos de pássaros, que são considerados como iguarias da culinária chinesa


O Wembley é o principal estádio da Inglaterra e recebe os jogos mais importantes do país. Seu formato não tem um padrão definido, com uma espécie de ‘alça’ na parte de cima

O Wembley é o principal estádio da Inglaterra e recebe os jogos mais importantes do país. Seu formato não tem um padrão definido, com uma espécie de ‘alça’ na parte de cima


A casa do Chivas Guadalajara, do México, é o Estádio Omnilife. A fachada é toda coberta por grama, e o estádio parece um vulcão

A casa do Chivas Guadalajara, do México, é o Estádio Omnilife. A fachada é toda coberta por grama, e o estádio parece um vulcão




segunda-feira, 20 de abril de 2020

CBV e clubes decidem encerrar temporada da Superliga Masculina de vôlei


A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e os clubes participantes da Superliga Masculina se reuniram por videoconferência nesta segunda-feira, 20, e definiram, após votação, pela proposta apresentada pela entidade desde o primeiro momento: o final da temporada 2019/2020 em virtude da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).
Votaram pelo fim da competição os seguintes clubes: Vôlei Renata-SP, SEM Taubaté Funvic-SP, Pacaembu/Ribeirão Preto-SP, Vôlei UM Itapetininga-SP, Ponta Grossa Vôlei-PR, Denk Academy Maringá Vôlei-PR e Sesc RJ, além da Comissão de Atletas, representada pelo presidente Raphael Oliveira.

Sem casos de coronavírus, Turcomenistão retoma campeonato futebolístico!

Campeonato local voltou após ficar cerca de um mês paralisado!

A bola voltou a rolar no Turcomenistão! Após um mês com o calendário esportivo paralisado, o país não registrou nenhum caso de coronavírus, por isso, optou por retomar as atividades de forma prestigiosa.
Logo de cara com um clássico, o período de paralisação foi interrompido e cerca de 300 pessoas marcaram presença no Clássico entre o FK Altyn Asyr, atual campeão nacional, e o Köpetdag, que lidera o campeonato. O confronto acabou tudo igual, com o placar de 1x1.
A suspensão para evitar a propagação da doença veio à tona em março, porém, o campeonato chegou a ficar paralisado por volta de um mês. O país da Ásia Central possui um torneio composto por oito equipes.Todas acataram as ordens do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde, justamente pelo fato de reconhecerem a gravidade da pandemia e se prevenir o suficiente para conter qualquer tipo de proliferação da doença dentro de seu território.
Mas, um mês depois, apesar das dúvidas dos observadores estrangeiros sobre a realidade da situação epidêmica no país, toda a desconfiança ficou para trás e a alegria, com uma pitadinha de alívio, de muitas pessoas foi retomada junto com o apito inicial.

Confira a lista dos 10 atletas aposentados mais ricos do mundo

R$ 57 milhões - O primeiro nome da lista é o ex-jogador de basquete do Los Angeles Lakers, Magic Johnson é conhecido como um dos maiores atletas da história do basquetebol. Após a aposentadoria, Johson se aventurou no ramo televisivo, além de possuir ações no Los Angeles Dodgers, time de basebol, e no Los Angeles FC, clube de futebol norte-americano (Foto: Stephen Dunn/AFP)

R$ 57 milhões - O primeiro nome da lista é o ex-jogador de basquete do Los Angeles Lakers, Magic Johnson é conhecido como um dos maiores atletas da história do basquetebol. Após a aposentadoria, Johson se aventurou no ramo televisivo, além de possuir ações no Los Angeles Dodgers, time de basebol, e no Los Angeles FC, clube de futebol norte-americano (Foto: Stephen Dunn/AFP)

R$ 60 milhões - O ex-golfista sul-africano Gary Player hoje é arquiteto de campos de golfe (Foto: AFP)

R$ 60 milhões - O ex-golfista sul-africano Gary Player hoje é arquiteto de campos de golfe (Foto: AFP)

R$ 63 milhões - Você já deve ter ouvido falar da equipe Penske de Fórmula Indy. Seu dono, o ex-piloto norte-americano Roger Penske é o oitavo ex-atleta mais rico do mundo (Foto: Divulgação/Penske)

R$ 63 milhões - Você já deve ter ouvido falar da equipe Penske de Fórmula Indy. Seu dono, o ex-piloto norte-americano Roger Penske é o oitavo ex-atleta mais rico do mundo (Foto: Divulgação/Penske)

R$ 70 milhões - O número sete da lista é o ex-jogador de basquete Shaquille O'Neal. O norte-americano que ficou famoso com a camisa do Los Angeles Lakers divide seu tempo entre participações em programas de TV e a função de comentarista esportivo (Foto: AFP)

R$ 70 milhões - O número sete da lista é o ex-jogador de basquete Shaquille O'Neal. O norte-americano que ficou famoso com a camisa do Los Angeles Lakers divide seu tempo entre participações em programas de TV e a função de comentarista esportivo (Foto: AFP)

R$ 82 milhões - O ex-golfista Jack Nicklaus, de 76 anos, ocupa a sexta posição e é o segundo ex-golfista da lista. Hoje, o norte-americano ganha a vida desenhando campos de golfe e organizando competições da modalidade (Foto: Don Emmert/AFP)

R$ 82 milhões - O ex-golfista Jack Nicklaus, de 76 anos, ocupa a sexta posição e é o segundo ex-golfista da lista. Hoje, o norte-americano ganha a vida desenhando campos de golfe e organizando competições da modalidade (Foto: Don Emmert/AFP)

R$ 95 milhões - O primeiro ex-jogador de futebol americano que aparece na lista é Jerry Richardson. Campeão da competição em 1959 pelo Baltimore Colts, Richardson hoje é proprietário da franquia Carolina Panthers, vice-campeã da temporada 2015 (Foto: Divulgação/Carolina Panthers)

R$ 95 milhões - O primeiro ex-jogador de futebol americano que aparece na lista é Jerry Richardson. Campeão da competição em 1959 pelo Baltimore Colts, Richardson hoje é proprietário da franquia Carolina Panthers, vice-campeã da temporada 2015 (Foto: Divulgação/Carolina Panthers)

R$ 102 milhões - O quarto ex-atleta da lista é Junior Bridgeman, que atuou na NBA pelo Milwakee Bucks e hoje é presidente da famosa cadeia de restaurantes norte-americana Wendy's (Foto: Divulgação/Milwakee Bucks)

R$ 102 milhões - O quarto ex-atleta da lista é Junior Bridgeman, que atuou na NBA pelo Milwakee Bucks e hoje é presidente da famosa cadeia de restaurantes norte-americana Wendy's (Foto: Divulgação/Milwakee Bucks)

R$ 127 milhões - Arnold Palmer é o último golfista da lista, ocupando a terceira colocação. Aos 87 anos, constrói sua fortuna através de seu direito de imagem e de produtos ligados ao seu nome (Foto: Nicholas Kamm/AFP)

R$ 127 milhões - Arnold Palmer é o último golfista da lista, ocupando a terceira colocação. Aos 87 anos, constrói sua fortuna através de seu direito de imagem e de produtos ligados ao seu nome (Foto: Nicholas Kamm/AFP)

R$ 207 milhões - O único ex-jogador de futebol da lista, o inglês David Beckham atuou por grandes times do futebol europeu como Real Madrid, Milan e PSG. Aos 41 anos, Beckham continua investindo no mundo do futebol, além de ser considerado um ícone da moda (Foto: Jae C. Hong / AFP)

R$ 207 milhões - O único ex-jogador de futebol da lista, o inglês David Beckham atuou por grandes times do futebol europeu como Real Madrid, Milan e PSG. Aos 41 anos, Beckham continua investindo no mundo do futebol, além de ser considerado um ícone da moda (Foto: Jae C. Hong / AFP)

R$ 350 milhões - O ex-atleta mais rico do mundo é o ex-jogador de basquete Michael Jordan. Considerado por muitos como o maior nome da modalidade, o ex-jogador do Chicago Bulls é o principal acionista do time da NBA Charlotte Hornets, além de lucrar com uma marca esportiva que leva o nome de "Jordan" (Foto: Streeter Lecka/AFP)

R$ 350 milhões - O ex-atleta mais rico do mundo é o ex-jogador de basquete Michael Jordan. Considerado por muitos como o maior nome da modalidade, o ex-jogador do Chicago Bulls é o principal acionista do time da NBA Charlotte Hornets, além de lucrar com uma marca esportiva que leva o nome de "Jordan" (Foto: Streeter Lecka/AFP)

Anderson Talisca anuncia doação de 1.500 máscaras em Salvador

Anderson Talisca anuncia doação de 1.500 máscaras em Salvador

O ex-jogador do Bahia, Anderson Talisca, doou 1.500 máscaras de proteção para instituições de caridade de Salvador. Natural de Feira de Santana, o atacante atualmente joga pelo Guangzhou Evergrande, da China.

As máscaras foram doadas pelo atleta e pelo Olímpia, clube de Lauro de Freitas fundado por ele, que custeou a produção das máscaras, personalizadas com o escudo do time, no valor total de R$ 5 mil. Os equipamentos servirão para a prevenção do novo coronavírus.

"O mundo precisa de mobilização em vários setores e no futebol não é diferente. Sempre penso que o torcedor é o responsável por tudo ou quase tudo num clube de futebol. Hoje, são os torcedores que precisam dos clubes e dos jogadores. Por isso que tivemos essa ideia de retribuir pra sociedade uma parte do que ela nos oferece em dias normais", disse Talisca.

Quem quiser contribuir pode fazer uma doação através do site da campanha promovida por Talisca e pelo Olímpia (clique aqui). 

Talisca está em Salvador e mantém a forma física enquanto aguarda um comunicado do Guangzhou Evergrande para retornar aos treinos, já que o futebol chinês também está paralisado devido à pandemia do coronavírus.