CÂMARA DE VEREADORES DE CAIRU

sábado, 10 de março de 2012

Resultados e Jogos dos Campeonatos Carioca e Paulista



10/03 - 16h00
Nova Iguaçu
0 x 1
Duque de Caxias
10/03 - 16h00
Americano
2 x 2
Olaria
10/03 - 16h00
Resende
2 x 0
Boavista
10/03 - 16h00
Bangu
1 x 1
Botafogo
10/03 - 17h00
Macaé
3 x 1
Friburguense
11/03 - 16h00
Vasco da Gama
x
Madureira
11/03 - 16h00
Volta Redonda
x
Bonsucesso
11/03 - 18h30
Flamengo
x
Fluminense



10/03 - 16h00
Linense
0 x 4
XV de Piracicaba
10/03 - 16h00
Comercial
0 x 1
Ituano
10/03 - 18h30
Catanduvense
1 x 1
Oeste
10/03 - 18h30
Mogi Mirim
3 x 1
Santos
10/03 - 18h30
Corinthians
1 x 1
Guarani
11/03 - 16h00
Botafogo
x
Palmeiras
11/03 - 16h00
São Paulo
x
Portuguesa
11/03 - 18h30
São Caetano
x
Mirassol
11/03 - 18h30
Ponte Preta
x
Paulista
11/03 - 18h30
Guaratinguetá
x
Bragantino

  

Superado por Franchitti, Barrichello é segundo em testes nos EUA

Contratado pela equipe KV, o brasileiro Rubens Barrichello procura aproveitar ao máximo o período de treinamentos da Fórmula Indy. Nesta sexta-feira, o experiente piloto de 39 anos foi superado apenas pelo escocês Dario Franchitti durante os testes da manhã em Sebring.
Com a marca de 52s146, o europeu manteve a hegemonia da Chip Ganassi entre o segundo grupo de competidores nos treinamentos desta semana. Dono de quatro títulos mundiais, Franchitti superou Barrichello por apenas 15 milésimos. O norte-americano JR Hildebrand (Panther) completou o grupo dos três primeiros com 52s206.
O resultado de Barrichello é significativo, especialmente na medida em que ele foi o mais rápido entre os competidores que usam motores Chevrolet. O australiano Scott Dixon (Ganassi), o melhor na quinta-feira, terminou apenas na quarta colocação no dia seguinte.
Principal responsável pela chegada do amigo Barrichello à Fórmula Indy, o também brasileiro Tony Kanaan, companheiro de equipe do veterano, voltou a ter um dia decepcionante e ficou na 14ª colocação, à frente apenas do norte-americano Ed Carpenter.
As atividades desta sexta-feira ainda marcaram a estreia do francês Sebastian Bourdais, mais um ex-piloto de Fórmula 1, na Dragon. Ele completou um total de 69 voltas em Sebring e terminou no 13º lugar da tabela de tempos, já que foi 1s152 mais lento que o líder Franchitti.
“O carro está bom. É apenas um carro novo e temos que entendê-lo. Nós adoraríamos ter feito mais, mas pelo menos vou aparecer em St. Pete com algumas voltas no carro e sabendo um pouco mais, tendo a certeza de que o carro está acertado”, afirmou Bourdais.
Confira os resultados do treinamento:
1: Dario Franchitti (ESC/Ganassi) - 52s146 (51 voltas)
2: Rubens Barrichello (BRA/KV) - 52s161 (34) 
3: JR Hildebrand (EUA/Panther) - 52s206 (36) 
4: Scott Dixon (AUS/Ganassi) - 52s222 (39) 
5: Mike Conway (ING/Foyt) - 52s382 (25) 
6: Takuma Sato (JAP/Rahal Letterman) - 52s384 (64) 
7: Ernesto Viso (VEN/KV) - 52s699 (44) 
8: Josef Newgarden (EUA/Fisher Hartman) - 52s833 (43) 
9: Charlie Kimball (EUA/Ganassi) - 52s876 (32) 
10: Alex Tagliani (CAN/BHA) - 52s930 (50) 
11: Oriol Servià (ESP/Dreyer & Reinbold) - 53s223 (57) 
12: Graham Rahal (EUA/Ganassi) - 53s227 (17) 
13: Sébastien Bourdais (FRA/Dragon) - 53s299 (69) 
14: Tony Kanaan (BRA/KV) - 53s500 (21) 
15: Ed Carpenter (EUA/Carpenter) - 54s357 (32)
Fonte:gazetaesportiva

Napoli humilha o Cagliari e Inter volta a vencer após sete jogos

A 27ª rodada do Campeonato Italiano teve início nesta sexta-feira e contou com duas partidas muito diferentes entre si. Enquanto o Napoli brilhou dentro de casa e humilhou o Cagliari, aplicando uma sonora goleada por 6 a 3, a Inter de Milão contou com a sorte para marcar dois gols nos últimos minutos do jogo contra o Chievo e voltou a vencer um duelo após sete resultados negativos na competição.
Arrasador desde os primeiros instantes de jogo, o Napoli sufocou o esquema tático apresentado por seu adversário e não teve problemas para abrir o placar logo aos dez minutos, com Hamsik. Sem dar espaços para o Cagliari, o time chegou facilmente ao segundo, quando o marcador apontava 19 minutos. O autor do tento foi o zagueiro Cannavaro.
Perdido dentro de campo, o Cagliari batia cabeça no setor defensivo e aumentou a vantagem dos donos da casa com um gol contra de Astori. Embora o time tenha buscado uma ligeira reação e descontado com Larrivey, os anfitriões fizeram questão de mostrar que mandava em campo e ampliaram a vantagem com Lavezzi, cobrando pênalti aos 11 do segundo tempo.
O jogo estava fácil e os espaços dados no meio-campo facilitaram a chegada do Napoli. O ritmo alucinante de jogo abriu caminho para os atletas da casa e contribuiu para que Gargano surpreendesse a torcida e deixasse a sua marca. No entanto, o Cagliari respondeu sete minutos depois e descontou novamente com Larrivey.
O placar já estava praticamente decidido, mas o relógio ainda permitia que mais gols fossem marcados. Maggio se livrou da marcação, invadiu a área e bateu no canto do goleiro, decretando a goleada de sua equipe. Enquanto isso, Larrivey aproveitou o último lance do jogo para fazer o seu terceiro e colocar números finais ao placar.
A Inter de Milão não vencia desde a 20ª rodada do Campeonato Italiano e se encontrava mergulhada em uma crise que parecia não ter fim. O técnico Claudio Ranieri balançava em seu cargo e um empate sem gols com o Chievo poderia complicar ainda mais a vida do treinador nerazzurri. No entanto, a sorte do comandante se mostrou presente nos minutos finais do jogo e dois gols milagrosos salvaram a equipe de mais um vexame nesta temporada.
O time deu indícios de que engrenaria na competição e teve a chance de abrir o placar aos 14 minutos. Milito chamou a responsabilidade para si e foi para a cobrança de uma penalidade máxima. O argentino desperdiçou o lance e irritou os torcedores, desestabilizando emocionalmente o restante de seu time.
Com muitas dificuldades em campo, a equipe travou uma intensa batalha contra o sistema defensivo do Chievo e só conseguiu balançar as redes quando o confronto já caminhava para o seu final.
Aos 42, o zagueiro Samuel apareceu bem no ataque e concluiu a jogada que levou o clube para o gol salvador. O tento animou o time e embalou os atletas que armaram a jogada seguinte no ataque. Para se redimir com a torcida, Milito foi acionado e conseguiu vencer o goleiro adversário, livrando a Inter de Milão do pesadelo vivido na competição nacional.
Fonte:gazetaesportiva

Murer abdica de competições e busca saltar 4,95m por ouro olímpico

A temporada da saltadora com vara Fabiana Murer está sendo diferente do que o usual. Em vez de alternar períodos de treinos e competições, ela, que não entra em disputas desde os JogosPan-americanos de Guadalajara em outubro, apostou em um longo período de preparação, para melhorar a marca com que conquistou o Campeonato Mundial de Daegu em 2011 e buscar o ouro nos Jogos Olímpicos de Londres-2012.
A primeira competição de Fabiana na temporada será apenas no meio de maio, em São Paulo. Quatro dias depois ela compete no Rio de Janeiro. A partir daí serão mais três etapas da Diamond League, em Eugene, Nova York e Mônaco, antes das Olimpíadas, com início marcado para 27 de julho.
“É um ano diferente, não estou fazendo a temporada em pista coberta, é um período muito longo de treino. Eu vejo competição e quero estar lá, mas acho que estou supercerta, dá para ver que meu salto está melhorando e estou pensando só nos treinamentos mesmo”, disse Fabiana, nesta sexta-feira em São Paulo.
A estratégia adotada pela atleta brasileira tem um objetivo claro, a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres. No ano passado, Murer conquistou o Mundial de Daegu ao saltar 4,85m, mas acredita que precisa melhorar sua marca se quiser brigar pela primeira colocação na capital inglesa.
“Não é porque fui campeã mundial que vou ser campeã olímpica, tenho que melhorar. A marca do Mundial talvez seja bronze nas Olimpíadas. Tem que saltar 4,90m, 4,95m para conseguir o ouro. É uma prova nervosa, disputada e ainda tenho que evoluir”, avaliou.
A aposta da saltadora em um período longo de treinos ao lado de seu técnico Elson Miranda e do ucraniano Vitaly Petrov fez com que ela deixasse de lado o Mundial Indoor, do qual é atual campeã. A competição começou a ser disputada nesta sexta-feira em Istambul, na Turquia, e tem como principal estrela Yelena Isinbayeva, que voltou a se apresentar bem no início de 2012.
Recordista mundial do salto com vara, a atleta russa atravessou duas temporadas em que participou de poucas competições e não conseguiu os resultados esperados. Ela parou de treinar com Petrov no início de 2011 e voltou a brilhar em fevereiro, ao saltar 5,01m e estabelecer novo recorde mundial indoor.
“Eu queria competir, treino para isso, mas vou ver na TV. Muitas atletas não vão competir o Mundial, estão se preparando para as Olimpíadas e escolheram fazer isso, não estar na grande competição da temporada indoor e se preparar para Londres. Vou assistir à prova para ver como a Yelena está, como está o salto dela”, explicou Murer.

Fonte:gazetaesportiva

Pipoca: um valenciano na São Silvestre.

Joseilton (foto), é conhecido como Pipoca. Aos 21 anos de idade, experimentou uma corrida em sua terra natal (Valença) e nunca mais parou de correr.  Hoje, divide seu tempo entre o trabalho no Super Mercado Rio Branco e treinamentos diários. Corre aproximadamente 25 quilômetros por dia. Tem participado de diversas competições dentre elas a última corrida da São Silvestre, onde teve a participação de aproximadamente vinte e cinco mil corredores. Obteve a 221ª colocação. Ainda em 2011, ficou em terceiro lugar no circuito Adidas e conquistou o primeiro lugar em salvador na disputa pre veteranos (35 anos). Neste mês irá participar de mais uma competição em Sergipe.

Fonte:entrandonaarea

sexta-feira, 9 de março de 2012

Tricolor dá novo show, mas TV Bahia não mostra

Com gols de Rafael Donato, Souza e Gabriel, o Esquadrão de Aço venceu o Auto Esporte-PB por 3 a 0, nesta quarta-feira, em João Pessoa, e já está na segunda fase da Copa do Brasil-2012, sem necessidade do jogo de volta, que ocorreria na semana do Ba-Vi do Barradão (dia 18). Agora, o time pegará o vencedor do confronto entre Remo-PA e Real-RR. Na ida, 0 a 0.
Foto: Divulgação/ECBahia

Ao todo, foram apenas 773 pagantes no estádio Almeidão. Porém, mais de 5 mil tricolores marcaram presença na transmissão histórica e vanguardista via Twitter do torcedor Marcos Carneiro, blogueiro do blog "Bora Bahêêêa Minha Porra!!", parceiro do ecbahia.com.
Revoltado com a TV Bahia, que descumpriu indicação da tabela da CBF e não exibiu o duelo, ele viajou de avião para Recife e pegou um ônibus rumo à capital paraibana. Deu tudo certo.
Enquanto isso, a afiliada da Rede Globo, dona dos direitos da competição, perdeu a chance de mostrar mais um show da equipe, que chegou à 12ª partida invicta, com seis triunfos seguidos.
O elenco azul, vermelho e branco ainda saiu reclamando de três pênaltis não marcados pelo árbitro sergipano Antônio Hora Filho, o mesmo da tragédia da Fonte Nova, em 2007.
Apesar de sinalizar nesse sentido na véspera, o técnico Paulo Roberto Falcão não poupou nenhum atleta e terminou usando a mesma escalação do triunfo por 2 a 0 sobre o Fluminense de Feira, domingo, no Joia da Princesa. Fahel ficou no banco e Morais nem isso.
O primeiro gol saiu aos 23 minutos da etapa inicial, quando Gabriel cobrou falta ensaiada na cabeça de Rafael Donato. Os tentos seguintes surgiram em meados do segundo tempo.
Aos 22, Magno fez bela jogada, tocou para William Matheus e este serviu Souza, que driblou um adversário e fuzilou. Aos 29, em lance trabalhado de maneira rápida, Ciro achou Souza, que deu de primeira para o talentoso menino Gabriel tocar na saída do goleiro.
Ciro entrou no lugar de Júnior aos 15 minutos do segundo tempo. Pouco depois, Fabinho foi trocado por Fahel. Ambas os substituídos estão suspensos para o próximo compromisso.
Já perto do fim, Falcão colocou o garoto Filipe na vaga de Magno.
No domingo, o Bahia volta às atenções ao Estadual, onde receberá o Juazeiro, em Pituaçu.
ecbahia.com

Vitória empata e terá que disputar jogo de volta dia 14



O Vitória não aproveitou as oportunidades e empatou em 0 a 0 com o São Domingos, nesta quinta-feira,pela Copa do Brasil. Com isso, o rubro-negro terá que disputar o jogo de volta, dia 14, no Estádio Barradão, às 20h30.

O jogo foi disputado no Estádio Presidente Médici, em Itabaiana, e o Vitória atuou com: Renan, Nino, Victor Ramos, Gabriel e Mansur; Michel, Pedro Ken, Mineiro (Arthur Maia) e Lúcio Flávio (Geovanni); Neto (Dinei) e Neto. Técnico: Toninho Cerezo.

ecvitoria

Com carros sem novidades, Massa prevê Mundial apertado

A falta de novidades nos carros da Fórmula 1 e os resultados dos treinos coletivos da categoria em Jerez de la Frontera e Barcelona deixaram o brasileiro Felipe Massa convencido de que o Mundial da categoria será mais disputado do que na temporada anterior.
“Pelo menos o que parece é quem existem várias equipes muito competitivas. Mas daqui a uma semana a gente vai ter a resposta clara e ver realmente que está mais forte”, disse o brasileiro em referência ao Grande Prêmio da Austrália, etapa de abertura do Mundial, marcado para 18 de março.
O piloto da Ferrari crê que a Red Bull deve ter novamente um dos carros mais rápidos do grid, mesmo que o time não tenha frequentado a parte de cima da tabela de tempos nos na Espanha. Durante os testes, as equipes utilizam programas diferentes de treinos e os resultados não refletem necessariamente o que será visto durante a temporada.
“Colocaria [entre as melhores] a Red Bull, não pelos treinos porque não foram nem tão competitivos, mas tenho certeza que eles têm um bom carro, a McLaren, a Lotus fez um excelente trabalho e aí tinha a gente, que estava perto. Depois, umas outras quatro equipes, entre Force India, Williams, Sauber e Toro Rosso disputando com a gente”, analisou Massa.
Um dos fatores para o possível equilíbrio previsto por Massa para a temporada da F-1 é a falta de inovações radicais nos carros. Com o novo regulamento, as equipes têm menos brechas para buscar novidades inusitadas que podem resultar em ganho de performance na pista.
“Esse ano não teve muitas coisas. Tem algumas diferenças de um carro para outro, tem um ganho que você consegue ter, mas novidade não tem. Na parte da traseira do carro você consegue melhorar a parte aerodinâmica e fora isso é desenvolver o carro no geral”, afirmou.
gazetaesportiva.net