Publicidade

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Com torcida única, Vitória inicia venda de ingressos para o Ba-Vi

Com torcida única, Vitória inicia venda de ingressos para o Ba-Vi

Os torcedores do Vitória já podem comprar ingressos para a partida contra o Bahia, domingo (2), às 16h, no Barradão, válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.
 
O bilhete de arquibancada custa R$ 40 (inteira), enquanto o setor de cadeiras é oferecido por R$ 60 (inteira). Os tickets podem ser adquiridos no site do Futebol Card, nas bilheterias no Barradão e em diversos pontos de vendas espalhados por Salvador.
 
Por determinação da CBF, após orientação do Ministério Público da Bahia (MP-BA), o clássico será com torcida única, assim como aconteceu nos confrontos do Campeonato Baiano (relembre aqui).
 
Com oito pontos, o Vitória ocupa a 18ª posição, enquanto o Bahia tem 10 e aparece em 17º.
 
INGRESSOS:
– ARQUIBANCADA: R$ 40 (inteira) / R$ 20 (meia)
– CADEIRA: R$ 60 (inteira) / R$ 30 (meia)
– VISITANTE: NÃO SERÁ VENDIDO INGRESSO PARA VISITANTE
Meio de pagamento: débito / crédito / dinheiro (exceto pela internet)
*Pela internet, apenas entradas inteiras estão à venda.
*Entrada franca para crianças menores de 12 anos, em catracas específicas e mediante a apresentação de documento de identidade ou certidão de nascimento.

PONTOS DE VENDA:
1) Internet – futebolcard.com (24h a partir de terça-feira (27), até às 13h de domingo)
2) Lojas oficiais:
Loja do Leão – Shopping Capemi (de quarta a sexta, das 9h às 19h / sábado, das 9h às 16h)
Loja do Leão – Shopping Center Lapa (de quarta a sexta, das 9h às 17h / sábado, das 9h às 16)
Loja Estação Rubro-Negra – Shopping Paralela (de quarta a sexta, das 9h às 17h / sábado, das 9h às 16)
3) Barradão  – (de quarta a sexta, das 9h às 18h / sábado,  das 9h às 17h / domingo, das 10h às 17h)

terça-feira, 27 de junho de 2017

Futebol de base. Copa Cairu


A cidade de Cairu está recebendo cerca de mil talentosos jovens do futebol do Nordeste para disputa de um importante torneio envolvendo garotos de 13 a 17 anos de idade.

Os secretários de administração juventude Ricardo Palma e Luana Figueiredo receberam os esportistas em um evento realizado na sede do parlamento municipal.

Sem duvida alguma é de fundamental importância que o governo municipal apoie esse tipo de evento esporte que valoriza a juventude de nossa região e com toda certeza já está no calendário de eventos esportivos de Cairu 


Fonte: portalangelonet

Casamento de Messi e Antonella terá 260 convidados

Nomeado ao prêmio de melhor jogador de 2014, Lionel Messi, e sua mulher, Antonella Roccuzzo, durante o tapete vermelho da Bola de Ouro FIFA 2015

O casamento de Lionel Messi e Antonella Roccuzzo, na próxima sexta-feira, terá 260 convidados, segundo divulgou a empresa que faz assessoria de imprensa do atacante do Barcelona. A união do casal, que tem dois filhos, Thiago e Mateo, acontecerá no City Center Rosario, na Argentina. Todos que receberam convites para acompanhar a cerimônia ficarão hospedados no Hotel Pullman, no mesmo complexo.
Entre os convidados, estão atuais e antigos companheiros de Messi, além de familiares e amigos do casal. A previsão é que a maioria dos convidados chegue à cidade no dia do casamento.
De acordo com o jornal argentino Clarín, funcionários da prefeitura de Rosário estão trabalhando para “embelezar” a cidade, melhorando as áreas verdes e arrumando os postes de iluminação. Os retoques finais também estão sendo feitos dentro do complexo do hotel, que está com todos os quartos reservados para a ocasião.

Ricardo Teixeira é suspeito de vender voto para Copa de 2022

Ricardo Teixeira

As investigações confidenciais conduzidas pela Fifa sobre a compra de votos para a Copa do Mundo de 2022 no Catar revelam como Ricardo Teixeira, ex-presidente da CBF, recebeu 2 milhões de euros em nome de sua filha de apenas dez anos de idade. A suspeita é de que o dinheiro poderia ser parte de um esquema de compra de apoio por parte do país árabe.
Os dados sobre o pagamento fazem parte do informe produzido por Michael Garcia, investigador que a Fifa contratou para apurar as suspeitas de ilegalidade há cinco anos. O americano, que hoje é juiz em um tribunal de apelação de Nova York, chegou à constatação de que havia indício forte de que o Catar havia comprado os votos para sediar o evento.