CÂMARA DE VEREADORES DE CAIRU

sábado, 10 de dezembro de 2011

Geovanni fala sobre o futuro no Vitória: “Vou ficar”

Principal jogador do Vitória na temporada 2011, o meia Geovanni garante que irá cumprir seu contrato até o final, com isso permanece no rubro-negro até dezembro de 2012.

O jogador afirmou que irá realizar seu sonho antes de sair. “Me empenhei bastante para que o Vitória conseguisse seus objetivos. Não deu, mas pretendo realizar o sonho do acesso em 2012. Vou ficar”, disse ao A Tarde.

Na temporada 2011, Geovanni vestiu a camisa do Vitória em 48 oportunidades. Ao longo do ano foram 13 gols, sendo dez no campeonato baiano, o que lhe tornou o artilheiro da competição.

Dos veteranos do Vitória, Geovanni foi o que mais se destacou na série B. O jogador de 31 anos participou de 34 das 38 partidas do clube. Os jogos que ficou de fora foi por conta de cartões amarelos ou não utilização do então treinador, Geninho, que o colocou no banco de reservas, mas depois da chegada de Benazzi, virou titular absoluto.


fonte:galaticosonline.com

Apresentação de Toninho Cerezo no Vitória é adiada



O Vitória informou através de nota oficial que a apresentação oficial do treinador Toninho Cerezo será adiada. Como está na Itália, o técnica não chegará com tempo hábil, com isso o primeiro contato com o clube para a próxima temporada foi adiado.

Toninho Cerezo tem chegada prevista em Salvador na próxima segunda-feira (12), dia da apresentação, com isso não terá condições de ser apresentado, sendo assim, o gerente-Executivo do Vitória, Newton Drummond, marcará o novo dia, podendo ser na terça ou quarta.

O novo treinador será apresentado oficialmente na Sala de Imprensa Jornalista João Borges Bougê, no Estádio Manoel Barradas.



osgalaticos

Cerco começa a fechar para Ricardo Teixeira na CBF

Parece que os dias de Ricardo Teixeira à frente da CBF estão contados. Protagonista de escândalos e envolvido em várias polemicas, o presidente da entidade teve sua “cabeça” pedida pelo dirigente da FIFA, Mark Pieth.

Citado no caso ISL, Teixeira teve seu nome citado pelo dirigente, que pediu sua saída de qualquer evento ligado ao esporte. “Eu apresentei uma ideia radical, por exemplo. Todos do Comitê Executivo ou de algum outro devem ser sistematicamente analisados pelo Comitê de Ética. Se houver algum registro criminal, ou denuncias contra algum deles, terá de sair”, afirmou ao Lance!

A extinta empresa de marketing, ISL, teria pago cerca de US$ 100 milhões para executivos da Fifa, em troca dos direitos de TV do Mundial. O presidente da CBF, RicardoTeixeira, teria recebido US$ 9,5 milhões e o ex-presidente da FIFA, João Havelange teria embolsado cerca de US$ 1 milhão.

osgalaticos


A Grande Final do Intermunicipal 2011

As duas seleções disputam o primeiro título do campeonato, neste fim-de-semana. Ambas estão muito bem no ataque, porém se São Francisco do Conde está atrás por 9 golssofreu apenas 2 derrotas (já o adversário, o dobro).

Santaluz é como um bom investidor, nesse sentido. Quanto maiores forem os riscos, maiores serão as conquistas (e as possíveis perdas). Os luzenses marcaram 52 gols até o momentodos quais 23 são do artilheiro Marcelo Cardoso. Em compensação, tomaram 21 – os dois últimos no domingo (04/12):um de Pim aos 28 minutos do 1º tempo e outro de Pitchaco aos 35.

Confira a seguir informações relevantes sobre os municípios representados por seus jogadores, um breve histórico das campanhas dos finalistas e algumas informações sobre o homenageado desta edição:

São Francisco do Conde

Os 11 futebolistas amadores e o técnico Osmar dos Santos Machado têm sido o orgulho dos mais de 31.000 habitantes dessa cidade da região metropolitana de Salvador, a 67km da capital baiana. Driblar as derrotas em 17 das 19 rodadas que já passaram não é pouca coisa.
O município baiano que foi destacado na revista Época no ano passado, por apresentar o maior PIB per capita no Brasil (pela quarta vez seguida), busca sagrar-se campeão do Intermunicipal e entrar em 2012 (quando fará 50 anos em novembro) com o pé direito.

Na 1ª Fase, no Grupo 04, jogou contra a tricampeã Feira de Santana, Cachoeira, e São Gonçalo dos Campos, do qual saiu líder com 13 pontos, 72% de aproveitamento técnico, 15 gols pró e 3 contra.
 
1ª Fase
06 jogos
04 vitórias
01 empate
01 derrota
 
Placares:

 
Feira de Santana2x1São Francisco do Conde
São Francisco do Conde1x1São Gonçalo dos Campos
São Francisco do Conde2x0Cachoeira
Cachoeira0x5São Francisco do Conde
São Gonçalo dos Campos0x3São Francisco do Conde
São Francisco do Conde3x0Feira de Santana
 
Melhor placarCachoeira 0x5 São Francisco do Conde
(Estádio Municipal de Cachoeira – 4ª rodada)
Gols Pró (15)Pithaco (2), Pim (6), Galego (1), Julinho (4), Netinho (2)

Na 2ª Fase, participando do Grupo 18, ficou como vice do Valente, de novo com 13 pontos, 72% de aproveitamento, mas aumentou os gols pró para 17 e os contra para 4.
 
2ª Fase
06 jogos
04 vitórias
01 empate
01 derrota

Placares:
 
 
Valente0x0São Francisco do Conde
São Francisco do Conde2x0Arací
São Francisco do Conde5x1Simões Filho
Simões Filho1x8São Francisco do Conde
Arací0x1São Francisco do Conde
São Francisco do Conde1x2Valente
 
 
Melhor placarSimões Filho 1x8 São Francisco do Conde
(Estádio Municipal de Simões Filho – 10ª rodada)
Gols Pró (17)Pithaco (3), Pim (7), Andrey (1), Julinho (2), Netinho (1), JR. Ventura (1), Adelson (1), Dedeco (1)
 

Na 3ª Fase (quartas-de-final), desempenho entre regular e bom: nos jogos de ida venceu Itagibá por 2 a 0 e nos de volta outro empate em 0.
 
3ª Fase
02 jogos
01 vitória
01 empate
00 derrota
 
Placares:

 
São Francisco do Conde2x0Itagibá
Itagibá0x0São Francisco do Conde
 
 
Melhor placarSão Francisco do Conde 2x0 Itagibá
(Estádio Municipal de São Francisco do Conde – 13ª rodada)
Gols Pró (2)Pim (1), Roni (1)
 

Passou para o próximo estágio subindo uma posição na tabela, ficando em 4º com 30 pontos71% de aproveitamento técnico e já como o 2º ataque mais positivo, com 34 gols.

Na 4ª Fase, coincidentemente ou não, o selecionado tem repetido uma jogada de resultados já há dois turnos: ganha na ida, empata na volta, segue em frente.

 
4ª Fase
02 jogos
01 vitórias
01 empate
00 derrota
 
 

Ganhou de 2 a 0 do Coarací no começo deste mês, no domingo posterior (13) empatou em 1 a 1.

Placares:

 
São Francisco do Conde2x0Coarací
Coarací1x1São Francisco do Conde
 
 
Melhor placarSão Francisco do Conde 2x0 Coarací
(Estádio Municipal de São Francisco do Conde – 15ª rodada)
Gols Pró (3)Elton (1), Pim (1), Roni (1)
 

Na ida, Pim não se fez lembrar, os gols foram feitos por Roni e Elton. Na volta, o nº 9 fez o seu aos 35 do 1º tempo.

Na 5ª Fase, a semifinal, empatou fora de casa com Crisópolis (0x0) na 1ª vez, mas no segundo encontro pagou os gols que devia à torcida com o 4 a 1 que deuno Estádio Junqueira Ayres, em 27 de novembro.

 
5ª Fase
02 jogos
01 vitória
01 empate
00 derrota
 
Placares:

 
São Francisco do Conde0x0Crisópolis
Crisópolis1x4São Francisco do Conde
 
 
Nesta 6ª Fase, como foi dito antes, São Francisco do Conde já conseguiu arrancar uma vitória sobre Santaluz por 2 a 0, com um gol de Pim e outro de Pitchaco.

Santaluz

Os mais de 33.000 habitantes desse município da região do sisal têm tido um bom ano, em termos de futebol. Desta vez, deram um passo a diante, se comparado à temporada anterior, mesmo que fiquem no 2º lugar.
No ano passado, também chegou à semifinal, mas perdeu para Porto Seguro e este acabou sendo o grande campeão, após vencer a seleção de Conceição de Coité por 3 a 0 na cobrança de pênaltis.

A quentura natural da cidade promete ficar ainda mais angustiante para aqueles que ficarão em suas casas, a 258km de Salvador, esperando o retorno de seus 11 heróis com o caneco.

O povo daquele lugar da caatinga, que até 1935 era integrado a Queimadas, mais do que nunca deposita suas esperanças na garra de seus representantes futebolísticos.

Na1ª Fase, seu jogo de estréia foi morno, contra Paulo Afonso, o qual terminou num empate de 1 a 1No segundo, parecia estar esquentando, venceu Biritinga por 3 a 0 no Estádio Municipal de Santaluz.
Marcelo Cardoso, o grande artilheiro do campeonato até agora com 21 gols, não sabia mas começaria ali a honrar a camisa nº 9 da Seleção de Santaluz, no finalzinho da metade inicial da partida. Quando voltou do intervalo ainda fez outro e Fábio, que substituiu Dilson, entrou em campo e mal demorou 3 minutos para deixar sua marca e encerrar a partida com o terceiro gol.
 
1ª Fase
06 jogos
03 vitórias
02 empates
01 derrota
 
 

Terminou em 1º lugar do Grupo 01, com 11 pontos e 61% de aproveitamento. Levou 6 gols, mas fez 16 com Dilson (1), Marcelo Cardoso (5), Fábio (1), Edmundo (3), Robinho (1), Eri (3), Toto (1), Diego Santos (1).

Placares:

 
Paulo Afonso1x1Santaluz
Santaluz3x0Biritinga
Santaluz2x0Arací
Arací2x1Santaluz
Biritinga3x3Santaluz
Santaluz6x0Paulo Afonso
 
 
Fechou com classe a 1ª Fase, com uma goleada de 6 a 0 justamente sobre a equipe de Paulo Afonso, com destaque para Eri e Marcelo, que fizeram 2 gols cada.

Na 2ª Fase, só participou da 7ª rodada com mais de 1 semana de atraso, devido à desclassificação de Alagoinhas, que era o vice-líder do Grupo 03. Mata de São João teve de preencher essa lacuna e, por conta disso, o confronto foi adiado para quarta-feira, 21/09.

Entretanto, no domingo anterior (18/09pôde receber Feira de Santana para uma vitória suada de 4 a 3Marcelo deu trabalho ao arqueiro feirense, fez 3 golsnessa partida, mas Fábio também ajudou e aos 40 do 2º tempo conseguiu manter um 4 a 2, até que Cleiterson, do Feira de Santana, mostrou que milagres de penúltimo instante acontecem e diminuiu para o resultado final.

Talvez instigados por essa pressão, mal permitiram que Mata de São Joãorespirasse, meteram 5 a 1Toto fez as honras logo no comecinho, mas daí em diante Eri e Marcelo dominaram e repetiram a dobradinha de dois jogos atrás.
Marcelo continuou surpreendendo positivamente não só ao treinador João Carlos Cordeiro como a todos os seus colegas e fãs. Foi o herói no duelo contra um dos atuais semifinalistas, Crisópolis. Se não tivesse espírito esportivo, poderia afirmar sem injustiça que o placar de 3 a 1 a favor dos luzenses tinha seu nome escrito todo nele: os 3 gols foram só seus, todos no 1º tempo.

Santaluz encerrou a 2ª Fase como líder do Grupo 17, com 16 pontos, 88% de aproveitamento e 24 gols, 13 da autoria de Marcelo Cardoso.
 
2ª Fase
06 jogos
05 vitórias
01 empate
00 derrota
 
 
Mais uma vez, despediu-se desse turno com um estouro: balançaram as redes de Mata de São João 8 vezes só no 1º tempo, mais que uma provocação (saudável), os luzenses só faltaram entregar uma nota fiscal exigindo que os matenses lhes pagassem redes novas, ou que aceitassem uma advertência por jogar sem goleiro.

Placares:
Mata de São João1x5Santaluz
Santaluz4x3Feira de Santana
Crisópolis0x1Santaluz
Santaluz3x1Crisópolis
Feira de Santana2x2Santaluz
Santaluz9x0Mata de São João
 
 

Brincadeiras à parte, o Presidente da Liga Desportiva LuzensePedro dos Reis Almeida, não caiu em jactância ao comentar esse feitio: “Foi um bom jogo, serviu para o treinador João Carlos dar uma observada em alguns jogadores. Estavam faltando naquele jogo 7 titulares, a maioria dos atletas em campo era reserva. Foi bastante útil nesse sentido, pudemos analisar dentre aqueles que não jogavam constantemente quais tinham mais condições de disputar um Intermunicipal e quais não tinham”.

Nas quartas-de-final, ficou no Grupo 25, com Ipiaú. Na ida, um empate com os ipiauenses de 1 a 1. Na volta, o 3 a 1 foi modesto para quem estava acostumado a avançar para a próxima etapa com uma goleada.

 
3ª Fase
02 jogos
01 vitória
01 empate
00 derrota
 
 

O público teve de se contentar com 4 gols: 2 de Robinho, 1 de Eri e 1 de Marcelo.
Placares:
 
Ipiaú1x1Santaluz
Santaluz3x1Ipiaú
 
 
Na 4ª Fase, no Grupo 33, o grande rival foi Ibicaraí. A seleção da Terra Santa vinha fazendo uma ótima campanha, ficou durante muito tempo no topo das classificações, mas o darwinismo futebolístico nunca falha e só os melhores foram restando.

Jogando fora, no primeiro domingo deste mês, Marcelo fez 1 para Santaluz aos 8 minutos, mas Rafael empatou aos 34 e Nido aumentou para o adversário: Ibicaraí 2x1 Santaluz.

Em casa, derrotar por 2 a 0 os ibicaraienses pode não ter sido tão fácil, mas foi melhor que nada.
 
4ª Fase
02 jogos
01 vitória
00 empate
01 derrota
 
 
Santaluz e Ibicaraí empataram com 3 pontos e 50% de aproveitamento, mas esta última levou mais gols (3) e acabou se despedindo do campeonato.


Placares:



Ibicaraí
2x1Santaluz
Santaluz2x0Ibicaraí
 
 
5ª Fase agradou muito aquela região a noroeste de Salvador, foi a Semifinal do Sisal. Ainda assim, um confronto preocupante para os luzenses, pois Valente sequer jogou no Intermunicipal em 2010 e foi decolando até essa etapa, com todos os méritos, afinal apresentava um time bem equilibrado.

O primeiro golpe foi sentido com um 2 a 1 a favor dos valentenses, contudo a dor foi menor quando uma semana depois, fora de casa, conseguiram um 4 a 0 bem suado.


Placares:
 
Santaluz1x2Valente
Valente0x4Santaluz
 A Premiação
Nelson Rufino
O troféu do campeão deste ano recebe o nome de Nelson Rufino, importante figura do cenário baiano.

Na primeira metade dos anos 40, pode-se dizer que duas ocorrências marcaram a história dos afrodescendentes brasileiros: a morte do líder nazista Adolf Hitler e o nascimento do sambista baiano Nelson Rufino.

O músico nasceu em Salvador, no dia 12 de setembro de 1942, e ainda moço, na década de 60, já compunha canções e o reconhecimento dessa dedicação a esse estilo de música, que melhor traduz suas veias negras, veio pouco tempo depois. Em 1970, Eliana Pittman gravou sua saudosa “Alerta Mocidade”.

Artistas dos mais conhecidos nacionalmente fizeram o mesmo desde então. Vozes como Alcione, Clara Nunes, Martinho da Vila, Zeca Pagodinho e Beth Carvalhosão apenas alguns.

Miltinho
Ailton Arcanjo Emílio de Jesus, cujo nome coroa o troféu do 2° colocado, foi um dos maiores artilheiros da história do futebol profissional baiano nas décadas de 60 e 70. Teve sua grande estréia no Baianão de 67, elencado no Colo Colo, quando deu uma goleada de 5 a 0 em cima do Ypiranga. Depois desses, outros 45 ainda vieram mais tarde. Jogou também pelo Conquista (71), Botafogo (72), Fluminense(73), Itabuna (70) e no CSA de AlagoasEm 09/06/2002 faleceu aos 57 anos, deixando viúva Dona Valquíria e os filhos Sidney, Luana, Patrícia e Elisabeth

fbfweb.org