Publicidade

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Bandeirinha pausa carreira no futebol para ser destaque do Carnaval de SP

Suelen sonha trabalhar na primeira divisão do Campeonato Paulista

A auxiliar Suelen Mayara será destaque no próximo fim de semana. Mas, não será pelo seu trabalho dentro de campo em uma partida no Campeonato Paulista. Como tem uma vida de modelo paralela a de arbitragem, ela será destaque da escola Acadêmicos do Tucuruvi, que irá ao Anhembi na madrugada de sexta para sábado.
Suelen sabe que ter uma carreira de modelo paralela a do futebol é um desafio extra em um ambiente tido muitas vezes como machista. Mas, ela disse não temer isso, afinal, já passou da hora do preconceito ficar de lado.
"Temer é muito forte. Penso nisso sim, mas penso muito por outro lado. Tenho minha profissão que é ser modelo fotográfica e arbitragem que está lado a lado. Atualmente, a arbitragem não te dá uma carteira assinada. É um trabalho em que você precisa ter outro trabalho. Acho que tem de acabar as pessoas falarem que por ser modelo vai atrapalhar ser árbitra. É minha profissão ser árbitra e modelo fotográfica. Tudo que faço, as fotos, os eventos, é profissional. Não tem de existir esse tipo de preconceito", completou.
Há alguns anos, no próprio futebol paulista, a bandeirinha Ana Paula Oliveira teve a carreira dificultada depois de alguns trabalhos como modelo, incluindo a capa da revista Playboy. Fernanda Colombo foi outra a ter dificuldades. "Se ela é bonitinha que vá posar para Playboy", falou Alexandre Mattos, hoje no Cruzeiro, sobre a auxiliar.
Segundo ela, o sonho de fazer parte do quadro de arbitragem veio desde criança. O árbitro Guilherme Ceretta de Lima, conterrâneo da bandeirinha, foi o "padrinho" de Suelen no futebol e principal incentivador da carreira dela.
Image result for Suelen MayaraImage result for Suelen MayaraImage result for Suelen Mayara

Nenhum comentário:

Postar um comentário