PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Fifa defende árbitro após pênalti marcado com auxílio da tecnologia

Árbitro Viktor Kassai assinalou o pênalti após usar o replay como recurso (Foto: Toshifumi Kitamura/AFP) 

Após o polêmico pênalti marcado na partida entre Atlético Nacional e Kashima Antlers, pelas semifinais do Mundial de Clubes, a Fifa se pronunciou na tarde desta quarta-feira, por meio de comunicado oficial. Com as análises dividindo opiniões de especialistas, a entidade se colocou ao lado de seu trio de arbitragem e elogiou tanto o árbitro húngaro Viktor Kassai quanto o assistente György Ring.
A entidade máxima do futebol mundial descreveu o lance no comunicado e disse que Nishi não estava em posição de impedimento por não ter chances de disputar a bola com os adversários. A Fifa ainda afirmou que Viktor Kassai assinalou o pênalti após conferir no replay que Berrío dá um toque na perna do jogador da equipe japonesa.
Diretor de arbitragem da Fifa, o suíço Massimo Busacca comentou sobre a estranheza que a nova tecnologia pode causar, mas elogiou o funcionamento da ferramente na partida de hoje.
“Esta é a primeira vez que o Video Assistant Referee (Árbitro assistente de vídeo, em português) é utilizado em uma competição Fifa. É algo que é novo para todos, especialmente ver um juiz correr para ver o replay na lateral do campo”, afirmou. “No incidente de hoje, a comunicação entre o juiz e o assistente de vídeo foi clara. A tecnologia funcionou bem. E, por fim, a decisão foi tomada pelo árbitro, o que sempre irá acontecer, já que o VAR está ali somente para dar suporte”, completou.
O lance em questão acontece aos 27 minutos do primeiro tempo, com Berrío derrubando Nishi dentro da área de ataque da equipe japonesa. A partida seguiu normalmente, até que, aos 29, Viktor Kassai foi até a lateral do campo e reviu a jogada em um monitor para assinalar o pênalti. A principal polêmica em torno da decisão está na participação ou não de Nishi na jogada, já que o jogador estava claramente em posição de impedimento. O meio-campista Doi foi para a cobrança e balançou as redes no primeiro gol da vitória de 3 a 0 do Kashima Antlers.
Com a classificação para a final garantida após a vitória sobre o Atlético Nacional, o Kashima Antlers espera agora para saber quem será seu adversário na decisão. Esta equipe sairá do confronto entre Real Madrid e América-MEX, que acontece nesta quinta-feira, às 8h30(de Brasília).

Fonte:gazetaesportiva


Nenhum comentário:

Postar um comentário