CÂMARA DE VEREADORES DE CAIRU

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

W.O. e 'quebra-pau' marcam rodada dupla em Santo Amaro

O evento organizado pela Pires Sports previa a realização dos confrontos Bahia de Feira x Botafogo-BA e Seleção de Santo Amaro x Jacuipense, mas o Botafogo não compareceu sob a aleç/gação que o técnico Ricardo Silva havia desistido do jogo.
 
“È lamentável a falta de profissionalismo e planejamento por parte da equipe do Botafogo-BA, uma equipe que está na elite do futebol baiano não pode causar um transtorno desse, foi uma verdadeira falta de respeito com o Bahia de Feira e com os torcedores que compareceram para ver o espetáculo”, disparou o presidente do Conselho Deliberativo do Bahia de Feira, Jodilton.
 
"Eles só avisaram em cima da hora. Propusemos botar nosso time B pra jogar contra Santo amaro e o principal contra a Jacuipense, mas a jacuipense não aceitou. Aí tivemos de jogar contra Santo Amaro e a Jacuipense foi embora sem jogar", relatou o presidente do Bahia de Feira, Thiago Santana.
 
Mas a confusão não terminou aí: Aos 35min do segundo tempo, o árbitro Everaldo Garrincha teve de encerrar a partida devido uma confusão generalizada envolvendo os jogadores da Seleção de Santo Amaro e Bahia de Feira. "É por isso que eu não gosto de enfrentar equipes amadoras. Estava correndo tudo bem quando um jogador deles deu uma voadora num atleta nosso. A torcida tentou invadir o gramado e aí a coisa saiu de controle", explicou Santana, para quem o ocorrido poderia ter siudo pior se não houvesse policiamento no estádio.
 
A esta altura, o bahia de Feira já goleava o adversário por 4 a 1, de virada, com gols de Rômulo, Diego, Eder e Átila. Tático, de pênalti, abriu o placar para os anfitriões, aos 7min de bola rolando.
Fonte: Galaticos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário