PUBLICIDADE

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Adriano Michael Jackson realiza baba de confraternização em Valença

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Foi realizado no Campo do Jacaré, o tradicional baba de Adriano Michael Jackson contra seus amigos.
Um domingo (18) de tarde agradável para os amigos que aguardavam rever o artilheiro e campeão Chinês, em sua terra natal.
A torcida e amigos desportistas foram prestigiar a baba que já entrou no calendário de eventos em Valença.
Michael Jackson que vive um dos melhores momentos da sua carreira conquistou o título do Campeonato Chinês pelo FC Seoul.
Adriano Michael Jackson chegou à Coreia do Sul no início de 2014 para o defender o Daejon Citizen, na Segunda Divisão. Logo em sua primeira temporada, foi o artilheiro da Segundona com 27 gols em 32 jogos e ajudou o clube a conquistar o título e a ficar com o acesso à elite. Em meados do ano passado, transferiu-se para o tradicional FC Seoul. Apesar da quarta colocação da nova equipe no Coreano, foi o vice-artilheiro da competição com 15 gols e ainda faturou o título da copa nacional.
Já em 2016, o aproveitamento é ainda melhor: além de comandar a artilharia na Liga dos Campeões da Ásia, Adriano soma 13 gols no Campeonato Coreano (segundo maior goleador) e mais quatro na Copa da Coreia, competições que o Seoul  também segue com chances de título - está garantido no playoff da Primeira Divisão e vai disputar as semifinais da taça nacional.

Origem do apelido e a troca pelo Baixinho
Baiano, Carlos Adriano de Souza Cruz foi revelado nas categorias de base do Bahia. Como profissional, só foi despontar com a camisa de um tradicional clube do Rio de Janeiro: o America. Em 2009, foi um dos grandes destaques no título da Série B do Carioca, quando marcou 11 gols em 24 partidas. 

Foi pelo America, aliás, onde Adriano passou a carregar o apelido de Michael Jackson, astro americano que morreu em 2009, por conta de uma justificativa bem inusitada: o "frio carioca".
- Foi na época que o Michael Jackson tinha falecido, e eu tinha chegado no Rio de Janeiro numa época que estava muito vento, frio, e eu sou baiano. Na Bahia é quente o tempo todo, foi a primeira vez que sai da Bahia para outro estado assim frio. E eu sentia muito frio, aí usava uma luva, também tinha um cabelo grande, cabelo black. Aí ficava treinando com a luva e teve a estreia do Campeonato Carioca da Segunda Divisão. Quando marquei o gol, comemorei e botei a luva. Aí um torcedor chegou para mim e disse que se toda vez que eu fizesse um gol e colocasse a luva, seria bacana. Aí eu acreditei, coloquei no momento do gol, e ele (apelido) pegou, graças a Deus, deu tudo certo. Agora estou aqui hoje com ele e estou muito feliz.
Após o destaque pelo America na elite do Carioca em 2010, Adriano Michael Jackson foi contratado pelo Fluminense. Sem sucesso no Tricolor das Laranjeiras, no entanto, passou por Bahia e Palmeiras, onde foi campeão e artilheiro da Copa do Brasil pelo Palmeiras sob o comando de Luiz Felipe Scolari, em 2011. Ainda retornou ao Bahia, esteve no futebol chinês e defendeu o Atlético-GO antes de "ganhar" a Ásia.

A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas sorrindo, grama e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas praticando esportes, estádio, grama e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé, sapatos e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, óculos de sol e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre



Nenhum comentário:

Postar um comentário