GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO

quarta-feira, 24 de junho de 2020

Fórmula 1: Organizadores dos GP da Áustria preveem realizar 12 mil testes do coronavírus

Fórmula 1: Organizadores dos GP da Áustria preveem realizar 12 mil testes do coronavírus

A temporada 2020 de Fórmula 1 está programada para começar no dia 5 de julho com o Grande Prêmio da Áustria, no circuito Red Bull Ring, em Spielberg. Uma semana depois, 12 de julho, o mesmo local sedia a segunda etapa do Campeonato Mundial, chamada de GP da Estíria. Os organizadores das provas preveem realizar até 12 mil testes do coronavírus. A empresa responsável pelos exames, Eurofins, iniciou nesta terça-feira (23) as instalações para as coletas no autódromo.

"Todos os que trabalham no circuito deverão apresentar resultado negativo no teste, que não pode ser mais antigo do que quatro dias, para poderem acessar ao local de trabalho", explicou Sigfried Schnabl, representante da companhia.

Os testes serão repetidos a cada cinco dias durante as duas corridas. Eles serão encaminhados para um laboratório em Munique, na Alemanha, que funciona 24 horas por dia. Os resultados deverão sair entre 16 a 24 horas a partir da realização.

A abertura do Mundial de Fórmula 1 deveria ter acontecido em março, mas foi adiado devido a pandemia global do coronavírus. Enquanto algumas provas foram canceladas e outras remanejadas, os organizadores da competição divulgaram no início de junho um calendário com as oito primeiras etapas, todas realizadas na Europa, sendo que duas serão sediadas na Inglaterra assim como as que vão abrir a temporada. A expectativa é que mais GPs, em outros continentes, sejam inclusos na programação deste ano para dar um caráter global à disputa pelo título.

Nenhum comentário:

Postar um comentário