GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO

quinta-feira, 25 de junho de 2020

Fifa confirma Eliminatórias da Copa para setembro e estuda datas do Mundial de Clubes

Fifa confirma Eliminatórias da Copa para setembro e estuda datas do Mundial de Clubes

A Conmebol já havia divulgado que caberia a Fifa definir as datas das Eliminatórias da Copa de 2022 e, nesta quinta-feira (25), o presidente da entidade máxima do futebol, Gianni Infantino, confirmou o calendário da disputa para setembro deste ano. Os jogos que vão definir as seleções que irão disputar a Copa do Mundo do Catar será realizado, por enquanto, na América do Sul e Europa. 

A previsão é que as partidas eliminatórias acontecessem em março, mas, com a pandemia do coronavírus, a Fifa precisou interromper a programação de jogos. Com isso, a disputa pelas vagas na Copa do Mundo de 2022, pelo menos das equipes representadas pela Uefa e pela Conmebol,  serão disputadas em setembro. Os outros continentes precisarão aguardar um pouco mais para realizarem seus jogos eliminatórios.

A repescagem das Eliminatórias também teve alterações em suas datas, sendo adiada de março para junho de 2022. A Copa do Mundo do Catar está prevista para acontecer em dezembro do mesmo ano. 

Outra competição que também foi citada pelo presidente da Fifa durante coletiva foi o novo Mundial de Clubes. A princípio, o torneio estava programado para junho de 2021, mas, com as mudanças no calendário de outros eventos esportivos, a entidade de futebol ainda está estudando quando vai encaixar os jogos. 

“Estamos analisando se o melhor é 2021, 2022, 2023. Tudo está aberto. O que é importante para mim, para a Fifa, é para ajudar quem precisa de ajuda. Espero que logo a gente possa decidir e anunciar quando o torneio será disputado. Mas agora a prioridade é outra, é ajudar”, declarou Infantino.

Além dessas duas competições, foi anunciada a criação de um torneio que não faz parte da Data Fifa, o calendário oficial da entidade. A Copa Pan-Arábica do Catar vai acontecer em dezembro de 2021, um ano antes da realização da Copa do Mundo, sendo um evento-teste que vai reunir seleções árabes da África e Ásia. No torneio, as equipes só poderão escalar jogadores que atuam nacionalmente, já que a competição não faz parte da programação habitual.

Sobre as Olimpíadas de Tóquio, adiadas para julho de 2021, a Fifa aprovou o regulamento que permite atletas com até 24 anos participarem da edição. Normalmente, o limite de idade é de 23, mas, com a mudança de cerca de um ano no calendário, a regra foi reajustada para que jogadores que já estavam se programando para a disputa em 2020 ainda possam participar. A utilização do sistema de arbitro assistente de vídeo (VAR) também foi confirmada para os Jogos Olímpicos. 

Por unanimidade da Fifa, o presidente anunciou também que US$ 1,5 bilhões, quase R$ 8 bilhões, serão destinados ao futebol mundial para enfrentar as dificuldades consequentes da pandemia. Numa primeira fase de implantação do benefício, o dinheiro destinado será para custos operacionais e metade dele precisa ser destinado para o futebol feminino. Posteriormente, o restante do valor será doado e emprestado as 211 federações nacionais associadas à Fifa. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário