GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO

sábado, 8 de agosto de 2020

Em meio à crise, Bahia busca o tricampeonato baiano contra o Atlético de Alagoinhas

Em meio à crise, Bahia busca o tricampeonato baiano contra o Atlético de Alagoinhas

Más atuações, resultados negativos, cobrança intensa da torcida... O Bahia vive um cenário crítico, mas há uma chance de amenizar isso com a luz do brilho de uma taça. Na tarde deste sábado (8), às 16h30, a equipe do técnico Roger Machado volta a encontrar o Atlético de Alagoinhas no estádio de Pituaçu. O Esquadrão de Aço tem a chance de ser tricampeão baiano, feito que não ocorre desde os anos 80.

No primeiro jogo, o Esquadrão de Aço e o Carcará não passaram do 0 a 0. O jogo, que teve superioridade numérica do Tricolor em boa parte do jogo, foi marcada por chances para os dois lados.

Dessa vez não tem conversa e quem vencer fica com a taça.  Para evitar a surpresa, o goleiro Douglas, que retornou ao time titular, afirmou que o objetivo é fazer a "partida perfeita". A tendência é que o Esquadrão de Aço entre em campo com os titulares.

"Jogo do Atlético de Alagoinhas foi um jogo onde o Bahia buscou, dentro de sua característica e sua força, o gol a partida toda. Por conta da expulsão a equipe do Atlético se fechou ainda mais. É uma equipe que chegou na final por méritos. Mas evidente que a gente tem a responsabilidade, por todo investimento e por tudo o que o Bahia representa, de ser campão. Apesar do gol não ter saído, tivemos pontos positivos e pontos a melhorar. Evidente que a gente está consciente disso, estamos preparando para amanhã ser uma partida perfeita, com mais efetividade. Que a gente possa abrir o placar logo para conquistar com méritos esse tricampeonato baiano", disse.

Com os jogadores que perderam para o Ceará na última terça-feira (4) descansados, o Bahia pode usar os seus titulares. O técnico Roger Machado não confirmou se fará uma mudança brusca nos onze que vinham jogando o estadual.

"Vamos ver. Hoje [quarta, contra o Atlético] consegui usar alguns que estiveram no jogo ontem [contra o Ceará]. Se eu optar por esse time, que é o que veio fazendo a campanha, seria pelo mérito de atuarem na competição. Se eu optar por um time mais descansado, podemos ter vantagem... Vamos organizar e ver qual será a melhor estratégia", indicou.

O único desfalque no elenco é o atacante Gilberto, que se recupera de um estiramento no ligamento colateral medial do joelho. O volante Ramon, recuperado de lesão, pode ser uma novidade entre os relacionados.

ATLÉTICO DE ALAGOINHAS

O Carcará foi heroico no primeiro jogo. Contra todas as expectativas, o time vermelho, preto e branco de Alagonhas travou o Esquadrão de Aço e criou oportunidades. Uma delas foi uma incrível chance perdida por Tobinha, após rebote de Douglas, ainda no começo do jogo. Técnico da equipe, Agnaldo Liz espera surpreender.

"Agora é recompor a equipe, descansar, trabalhar o que vem pela frente. O Bahia também vai vir descansado e com a equipe principal, mas estamos preparados. Vamos para esse jogo buscar, quem sabe, esse título inédito", indicou, em entrevista ao Bahia Notícias.

Para o jogo, o volante Makelele, suspenso, e o zagueiro Mailson, lesionado, são os desfalques da equipe.

FICHA TÉCNICA
Bahia x Atlético-BA
Campeonato Baiano - Final (2º jogo)
Local: Pituaçu, em Salvador
Data: 08/08/2020 (sábado)
Horário: 16h30
Árbitro: Marielson Alves Silva (CBF-Vitória da Conquista)
Auxiliares: Elicarlos Franco de Oliveira e Jucimar dos Santos Dias (ambos da CBF-Salvador)
VAR: Marcelo de Lima Henrique (RJ), auxiliado por Paulo de Tarso Bregalda Gussen (CBF-Salvador)



Bahia: Douglas; João Pedro (Nino Paraíba), Lucas Fonseca, Juninho e Juninho Capixaba; Gregore, Flávio e Rodriguinho; Rossi, Élber e Fernandão. Técnico: Roger Machado.


Atlético de Alagoinhas:  Fábio Lima; Paulinho, Saulo, Eduardo e Filipinho; Lucas Alisson, Dedeco e Edilson; Tobinha, Russo e Magno Alves. Técnico: Agnaldo Liz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário