GOVERNO DO ESTADO. BAHIA AQUI É TRABALHO

quinta-feira, 21 de maio de 2020

Capitã da seleção dos EUA, Megan Rapinoe critica Trump e não descarta candidatura


Crítica declarada do presidente Donald Trump, a atacante e capitã da seleção feminina de futebol dos Estados Unidos, Megan Rapinoe, revelou que não descarta se candidatar a um cargo de alto nível no país no futuro. Em entrevista à Vice TV, a jogadora qualificou Trump de "nacionalista branco" e disse não acreditar que suas políticas tenham ajudado os norte-americanos
"Agora, obviamente, temos um nacionalista branco, penso, na Casa Branca... Que só provocou maior divisão entre as pessoas e mais desespero, mais ansiedade, mais medo com relação ao futuro", afirmou Rapinoe, jogadora fundamental para a conquista do Mundial na França, em 2019.

Nenhum comentário:

Postar um comentário