GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO

sábado, 20 de junho de 2020

Flamengo vai gerenciar banco digital ao lado do Banco de Brasília; torcedores terão benefícios

Flamengo vai gerenciar banco digital ao lado do Banco de Brasília; torcedores terão benefícios

O Flamengo fechou acordo com o Banco de Brasília (BRB) e os dois são sócios na gerência de um banco digital. A relação inédita entre o clube de futebol mais importante do país atualmente e a empresa, que tem como sócio majoritário Governo do Distrito Federal (GDF), busca trazer lucros para ambas as partes. As informações são do Metrópoles

Com o novo contrato, o Rubro-negro vai estampar o BRB no peito da camisa do time e passará a fazer todas as transações bancárias relacionadas ao clube através da empresa, como por exemplo, o pagamento de salários de jogadores e funcionários. 

O novo banco digital irá oferecer para os clientes contas digitais, cartões de débito e crédito pré-pago, além de investimentos e produtos previdenciários e de capitalização. A previsão é que mais 1,5 milhão de contas digitais sejam abertas, 3 milhões de cartões pré-pagos sejam emitidos e R$ 5 bilhões em transações financeiras sejam movimentadas no primeiro ano de funcionamento da plataforma.

“Essa é uma iniciativa inédita. Quando todos pensaram que a gente patrocinaria o Flamengo, viemos com uma novidade que vai gerar lucros para os dois parceiros e, no caso do BRB, ajudar a projetar o banco nacionalmente. Um compromisso da nossa gestão”, declarou Paulo Henrique Costa, presidente do BRB.

Segundo ele, fechar parceria com a equipe de futebol vai fazer com que um maior número de clientes se associem ao banco digital, já que os torcedores podem se engajar em utilizar uma plataforma que é gerida também pelo clube. “Existe uma relação afetiva de milhões de brasileiros com o Flamengo. Assim, toda vez que eles fizerem qualquer movimento nesse banco digital, vão ter a certeza que estão colaborando para seu time do coração”, afirmou. Hoje, o Flamengo tem a maior torcida do país, com 35 milhões de pessoas, segundo o Datafolha.

Os planos e que o banco digital possa oferecer alguns benefícios para os flamenguistas, com personalizações, pré-venda de ingressos para jogos, descontos na compra de produtos do Flamengo e a possibilidade de ganhar viagens para acompanhar a equipe em futuras disputas como prêmio em por investir em títulos de capitalização.

Para os clientes que nao sao torcedores do Rubro-negro, a plataforma irá ofertar outros tipos de benefícios, além da conveniência da ausência de tarifas e o atendimento full time, que já integram os bancos digitais. 

Os lucros serão igualmente divididos entre o clube carioca e o BRB. Hoje, o banco possui 750 mil clientes e a expectativa é que o número venha a crescer cinco vezes o tamanho atual nos próximos cinco anos. O lançamento do banco digital está previsto para o dia 15 de julho, mas o contrato entre os sócios vai passar a valer desde o dia 1 do mesmo mês, válido por três anos e com a possibilidade de prorrogar o contrato por mais dois. 

Desde julho de 2019, o BRB já patrocinava a equipe de basquete do Flamengo. A parceria também vai permitir ao clube carioca ser mandante em alguns dos jogos que foram disputados no DF. Por enquanto, o banco digital pertence ao BRB, mas a previsão é de ele se torne independente numa segunda etapa do projeto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário