GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO

terça-feira, 3 de março de 2020

Ministra japonesa assume risco de adiar competição por causa do coronavírus

Foto: Tânia Rêgo/ Agência Brasil

A Olimpíada 2020, prevista para acontecer em julho em Tóquio, pode ter uma mudança de data. O Comitê Organizador do evento mantinha firme a data no início do segundo semestre, mas o avanço do coronavírus no país mudou o cenário e o discurso das autoridades. O governo japonês registrou 274 casos do covid-19, com seis mortes.
Segundo Seiko Hashimoto, ex-patinadora e ministra das Olimpíadas no Japão, o contrato com o Comitê prevê que o evento seja realizado em 2020, dando abertura a organização para adiar a competição em alguns meses, caso seja necessário.
“O COI tem o direito de cancelar os Jogos somente se eles não ocorrerem dentro de 2020. Isso pode ser interpretado como a possibilidade dos Jogos serem adiados, contanto que sejam realizados durante esse ano”, explicou.
Em nota oficial, o COI reafirmou o compromisso de realizar os jogos na data prevista. Confira o comunicado na íntegra:
O Conselho Executivo do Comitê Olímpico Internacional (COI) expressa hoje seu total comprometimento com o sucesso dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, agendado para 24 de julho a 9 de agosto de 2020.
O Conselho Executivo do COI ouviu um relatório sobre todas as medidas tomadas até agora para lidar com a situação do coronavírus, seguido de uma discussão abrangente.
Uma força-tarefa conjunta já havia sido criada em meados de fevereiro, envolvendo o COI, Tóquio 2020, a cidade anfitriã de Tóquio, o governo do Japão e a Organização Mundial da Saúde (OMS). O CO do COI aprecia e apoia as medidas que estão sendo tomadas, que constituem uma parte importante dos planos de Tóquio de sediar Jogos seguros e protegidos.
O COI continuará a seguir os conselhos da OMS, como a principal agência das Nações Unidas sobre esse assunto. O Conselho Executivo do COI agradeceu à OMS por seus valiosos conselhos e cooperação contínuos.
Também elogia a grande unidade e solidariedade dos atletas, comitês olímpicos nacionais, federações internacionais e governos. Saúda sua estreita colaboração e flexibilidade com relação aos preparativos para os Jogos e, principalmente, aos eventos de qualificação. Todas as partes interessadas continuam trabalhando juntas para enfrentar os desafios do coronavírus.
O Conselho Executivo do COI incentiva todos os atletas a continuarem se preparando para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. O COI continuará apoiando os atletas, fornecendo as informações e desenvolvimentos mais recentes, acessíveis aos atletas em todo o mundo no site do Athlete365.

Nenhum comentário:

Postar um comentário