GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO

sábado, 24 de abril de 2021

Toronto FC oferece bolada, e Soteldo quer ser negociado

 


O Toronto FC pretende investir alto para ter o atacante Yeferson Soteldo, do Santos. O clube canadense que disputa a Major League Soccer (MLS) ofereceu salário maior do que Al-Hilal, da Arábia Saudita, propôs a ele no fim do ano passado.

Soteldo não via com bons olhos a transferência para o futebol do Oriente Médio, pois entendia que poderia ficar escondido dos olhos dos times europeus.

O cenário, porém, é totalmente diferente quando se trata da atual oferta do Toronto. A MLS vem crescendo a cada ano, tornando-se mais competitiva, e o Toronto é um dos principais times, tendo vencido a competição em 2017 e chegado à final em 2016 e 2019.

"O clube está passando por uma situação econômica muito crítica. A oferta que veio do Toronto é muito boa para o clube, vai ajudar a sanar dívidas e também vai garantir o meu futuro e o da minha família. Enquanto em muitas partes do mundo, incluindo a Europa, dezenas de clubes estão falindo, veio uma oferta da MLS que não posso recusar", disse Soteldo em entrevista ao GE.com.

Com a crise citada por Soteldo, ele conviveu com atrasos salariais no ano passado, além da guerra entre seu ex-clube, o Huachipato (CHI), e o Peixe pelo não pagamento do valor acordado por sua contratação.

O Toronto ofereceu US$ 6 milhões (R$ 32,6 milhões) por 75% dos direitos econômicos de Soteldo. A intenção, inicialmente, era dividir a proposta em US$ 4 milhões ao Peixe (R$ 21,8 milhões) e US$ 2 milhões ao Huachipato (R$ 10,9 milhões). Porém, a presidência fez contraproposta.

O Peixe pediu US$ 7,5 milhões (R$ 40,9 milhões) pelos mesmos 75% do contrato e aguarda a resposta. O Huachipato detém 50% dos direitos do jogador e isso torna a negociação delicada para o Peixe, que não desembolsou nem um real por ele, que chegou em 2019 por US$ 3,5 milhões (cerca de R$ 13 milhões na época), por meio da gestão de José Carlos Peres.

Nenhum comentário:

Postar um comentário