quinta-feira, 26 de agosto de 2021

Maior medalhista paralímpico do país conquista 26ª medalha

 


Depois de uma recuperação improvável, Daniel Dias conquistou na manhã desta quinta-feira (26) a sua 26ª medalha em Paralimpíadas. O nadador chegou em terceiro lugar nos 100m livre da classe S5 (para atletas com deficiências físicas/má formação congênita) no Centro Aquático de Tóquio.

O brasileiro terminou a prova em 1min10s80, apenas sete centésimos à frente do chinês Tao Zheng. O ouro ficou com o italiano Francesco Bocciardo (1min09s56) e a prata com outro chinês, Lichao Wang (1min10s45). Na virada para os metros finais, Daniel ocupava o quinto lugar quando acelerou e ultrapassou dois rivais para subir ao pódio.

“Estou tentando ser muito grato, primeiramente a Deus. Está fluindo. Hoje foi mais leve. Quando virei vi que os chineses estavam um pouco à frente. Consegui alcançar minha meta. É viver cada momento, cada prova. São os últimos 100m, não tenho mais na competição, agora só 50m”, disse o nadador em entrevista após a prova.

Ainda nesta quinta-feira, Daniel nada o revezamento misto 4x50m livre de até 20 pontos (que representam a soma das classes dos participantes). O Brasil larga na raia 7. Na quarta-feira, o lendário nadador paulista havia conquistado a medalha de bronze nos 200m livre da classe S5, que fora seu 25º pódio em Paralimpíadas na carreira.

Com a medalha de Daniel., o Brasil soma cinco pódios no segundo dia de competição. São três medalhas de bronze, uma prata e um ouro que garantem ao Brasil a 11ª posição no quadro de medalhas. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO