Publicidade

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Empate na Colômbia mantém Brasil na luta por recorde histórico

Seleção de Neymar, Willian e Renato Augusto está cada vez mais perto de recorde

O empate por 1  1 com  a Colômbia nesta terça-feira (5), em Barranquilla, quebrou a série de nove vitórias consecutivas da seleção brasileira nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo da Rússia. Mas não foi de todo mal.
Além de já deter a maior sequência de triunfos seguidos de uma equipe na história da competição, o ponto conquistado deixou o time verde-amarelo perto de quebrar outro recorde.
Agora com 37 pontos e mais dois jogos a fazer — Chile na Arena Palmeiras e Bolívia fora de casa — a seleção brasileira pode, em caso de 100% dos pontos, alcançar 43 ao fim da competição.
Até hoje, na história do torneio sul-americano, a maior pontuadora em uma única edição foi a seleção da Argentina, que somou os mesmos 43 pontos no torneio classificatório para a Copa da Ásia, em 2002.
O volante Fernandinho rotulou Tite como merecedor dos excelentes números à frente da seleção, mas reconheceu que o time ficou devendo nos dois últimos compromissos.
— É um aproveitamento bem alto. É um treinador que merece tudo isso que está acontecendo. É chegar no Mundial do ano que vem para buscar o título. Não foi uma grande exibição nem hoje e nem contra o Equador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário