GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO

Click e acesse Radio Web Top Notícias

sexta-feira, 2 de julho de 2021

Brasil e Chile duelam pelas quartas da Copa América 14 anos após os 6 a 1

 


Brasil e Chile voltam a se enfrentar nas quartas de final de uma Copa América, nesta sexta-feira (2), às 21h, após 14 anos. Na última vez em que as equipes estiveram frente a frente nesta etapa da competição, a seleção brasileira emplacou uma goleada por 6 a 1. 

A vitória aconteceu em 2007, na cidade venezuelana de Puerto La Cruz. Naquela ocasião, o Brasil era comandado por Dunga e tinha no ataque Vagner Love e Robinho, que encerrou a competição na ponta da artilharia, com seis gols.  

Esse foi o segundo duelo entre Brasil e Chile naquela Copa América. As duas seleções já haviam se enfrentado na fase de grupos, com direito a vitória brasileira por 3 a 0. A seleção de Dunga sagrou-se campeã após passar nos pênaltis pelo Uruguai nas semifinais e golear a Argentina na decisão por 3 a 0.  

No retrospecto, o Chile é um grande "freguês" do Brasil. De 72 partidas disputadas entre as seleções, os brasileiros saíram vitoriosos em 50, empataram 14 e perderam apenas 8.  

O índice fica ainda mais favorável à seleção brasileira quando os números da Copa América são comparados de forma isolada. São 21 jogos, 16 vitórias, dois empates e apenas três derrotas. 

Brasil  

O técnico Tite afirmou que o Chile é uma equipe experiente, constituida por jogadores acostumados a performar em adversidade. "Estamos nos atentando para tudo nesse cenário e preparando a melhor estratégia para neutralizar os pontos fortes deles."

O Brasil deve ir a campo com Ederson; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi; Casemiro, Fred e Everton Ribeiro (Lucas Paquetá); Gabriel Jesus, Neymar e Richarlison. 

Chile 

A seleção chilena pode ter a volta do meia-atacante Alexis Sanchez, recuperado de lesão muscular. O atleta, considerado um dos principais do Chile, não vai a campo há quase um mês. Sua última partida foi contra a Bolívia, no dia 8 de junho, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.   

"Ele (Alexis) chega em condições muito próximas da recuperação total. Cada minuto joga a seu favor. Vamos esperar até o último momento. Vamos ver quais as condições dele, se não ótimas, mas pelo menos boas, logicamente vai participar", avaliou o técnico Martín Lasarte.  

Um provável Chile tem: Claudio Bravo; Mauricio Isla, Gary Medel, Francisco Sierralta, Eugenio Mena; Erick Pulgar, Charles Aránguiz, Arturo Vidal; Ben Brereton, Eduardo Vargas e Alexis Sánchez.  

VEJA OS DUELOS DAS QUARTAS DE FINAL 

Peru x Paraguai - sexta-feira (2), às 18h, no Olímpico de Goiânia  

Brasil x Chile - sexta-feira (2), às 21h, no Nilton Santos  

Uruguai x Colômbia - sábado (3), às 19h, no Mané Garrincha  

Argentina x Equador - sábado (3), às 22h, no Olímpico de Goiânia 


Nenhum comentário:

Postar um comentário