GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO

segunda-feira, 22 de março de 2021

Torcedores estrangeiros estão vetados de entrar no Japão para a Olimpíada de Tóquio

 

Os comitês organizadores das Olimpíadas de Tóquio definiram que torcedores estrangeiros não poderão entrar no Japão para assistirem aos Jogos. Este ano, o evento contará exclusivamente com residentes do país assistindo as competições. 

 

Devido às restrições de fronteiras e controle para conter a disseminação do coronavírus, o Comitê Organizador dos Jogos de Tóquio 2020, o Comitê Olímpico Internacio e o Coitesa Paralímpico Internacional optaram por vetar a participação de estrangeiros que viajariam ao Japão para as Olimpíadas. 

 

Apenas japoneses e estrangeiros que são residentes no país serão autorizados a usar os ingressos para assistirem o evento. 

 

"A fim de esclarecer a situação para aqueles que compraram ingressos e que moram no exterior e permitir que possam ajustar seus planos de viagem neste momento, as partes do lado japonês concluíram que essas pessoas não poderão entrar no Japão durante os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos", declararam os organizadores em comunicado divulgado esta manha. 

 

Em coletiva de imprensa realizada após a reunião, Seiko Hashimoto, presidente do Comitê Organizador, reforçou que a decisão foi tomada já que a entrada de torcedores estrangeiros no país poderia comprometer a segurança da realização do evento. 

 

“No momento, a situação da Covid no Japão e em muitos outros países é muito desafiadora. Há restrições globais. As partes do lado japonês não poderiam garantir a entrada de torcedores do exterior sem afetar a segurança dos Jogos para os participantes e para o povo japonês. O COI e o IPC mostraram respeito e aceitaram esta conclusão. Estes Jogos serão completamente diferentes dos outros, mas a essência será a mesma, com os atletas dando o melhor e inspirando o mundo”, explicou Hashimoto.

 

Segundo o Comitê Organizador, 600 mil ingressos para as Olimpíadas de Tóquio e 30 mil para as Paralimpíadas foram vendidos para torcedores. Ainda não se tem um número exato de quantas dessas entradas para as competições seriam de torcedores estrangeiros. Aos pagantes que não poderão entrar no país para assistir o evento, os valores dos ingressos serão reembolsados, mas o Comitê ainda não divulgou de que maneira isso será feito. 

 

No início deste ano o Japão teve um recorde de casos e mortes com a segunda onda da Covid-19, fazendo Tóquio entrar em estado de emergência. Atualmente, o país soma mais de 453 mil casos da doença e quase 9 mil mortes. As Olimpíadas deveriam ter sido realizadas no ano passado, mas, devido a pandemia, foram adiadas para os dias 23 de julho a 8 de agosto deste ano.


(Com informações bahianoticias)


Nenhum comentário:

Postar um comentário