GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO

terça-feira, 23 de março de 2021

Meia destaca união da Ferroviária na conquista do bi da Libertadores Feminina

 


A meio-campista Aline Milene destacou a união da Ferroviária na conquista do bicampeonato da Libertadores Feminina. As Guerreiras Grenás, comandadas pela técnica Lindsay Camila, venceram o América de Cali por 2 a 1, na noite deste domingo (21), na final do torneio continental disputada no Estádio José Amalfitani, em Buenos Aires, na Argentina. A camisa 10 foi a autora do gol do título.

 

"Um título que a gente esperava! Nós trabalhamos para chegar às finais e ganhar títulos. Felizmente, estamos aqui hoje e conseguimos terminar esse trabalho com a conquista do título para Araraquara. Nós sempre estávamos unidas, sempre com o mesmo propósito para chegar onde chegamos", afirmou a atleta, que também é a capitã do time.

 

Aline Milene marcou aos 42 minutos do primeiro tempo ao converter a cobrança de um pênalti. Na etapa final, a Ferroviária soube segurar a pressão das colombianas garantindo o segundo título da Libertadores. A primeira conquista da Ferrinha havia sido em 2015.

 

Esta foi a nona vez que um clube brasileiro levanta o caneco do torneio continental feminino. Além da Ferroviária, o São José venceu em 2011, 2013 e 2014, o Santos ganhou em 2009 e 2010, e o Corinthians terminou no topo nas edições de 2017 e 2019.


Nenhum comentário:

Postar um comentário