GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO

segunda-feira, 3 de janeiro de 2022

Apresentado no Vitória, Dado Cavalcanti se diz confiante em 'ano de desafio'

 


O técnico Dado Cavalcanti foi apresentado na manhã desta segunda-feira (3) como novo técnico do Vitória. O comandante assumiu o batente no mesmo dia da chegada do elenco para a temporada de 2022, que será marcada pela disputa da Série C. Na entrevista coletiva, o treinador se disse confiante para o ano de desafio, onde o principal objetivo do clube é voltar para a segunda divisão nacional.

 

"Posso afirmar que estou muito feliz de estar aqui. Conheci a estrutura, casa nova. E tendo uma receptividade muito bacana. Primeira impressão é muito boa. Temos um ano de desafio para todos nós. E estou muito confiante", afirmou. "É lógico que o objetivo principal do ano é subir. Pensamos maior está voltado para o acesso. Em relação ao trabalho, não é um trabalho que vai fugir das características. Série C não é mais aquele inferno de campos ruins, vamos enfrentar adversários competitivos. É uma condição que nos faz enxergar coisas boas para superar adversidades", disse sobre a C.

 

O Leão oficializou a contratação de Dado no último dia 23. Por causa disso, o novo treinador admitiu não ter participado da montagem do elenco, mas aprovou as contratações feitas pela diretoria rubro-negra.

 

"Eu até comentei com todos que fazem o Vitória, que o Vitória foi muito criatividade na montagem do elenco. Não dava para esperar por treinador. O Vitória foi ao mercado, um elenco novo, com jogadores conceituados, mescla de jovens e experientes. Infelizmente não tive participação nenhuma, mas não dava para ter. O Vitória não poderia esperar. E esse é um desafio grande, com elenco novo. Têm dois jogadores que trabalhei efetivamente. Conheço vários como adversários, por obrigação profissional. Esse é o desafio de trabalhar em curto tempo com jogadores novos, elenco novo", falou.

Antes de chegar no Vitória, Dado teve duas passagens pelo Bahia, entre 2019 e 2021, tendo uma curta interrupção com o trabalho na Ferroviária-SP. No rival, ele dirigiu primeiro o time de transição e depois foi alçado ao comando da equipe principal e ajudou a escapar do rebaixamento no Brasileirão de 2020 e conquistou a Copa do Nordeste de 2021. No Leão, ele espera escrever uma nova história.

 

"É natural, condição natural. Estou aqui para construir minha história. Vou me dedicar ao máximo, quero ser vitorioso aqui. Tenho amigos do outro lado, as amizades permanecerão. Sobre comentários nas ruas, não presenciei nada. Cheguei ontem. Estou vivenciando isso hoje. Como falei, estou encarando tudo de forma natural", comentou.

 

Em 2022, além da Série C, o Vitória também terá as disputas do Baianão e da Copa do Brasil. O primeiro compromisso da nova temporada será pelo estadual, cuja estreia será contra a Juazeirense, no dia 16 de janeiro, um domingo, às 16h, no Barradão, pela primeira rodada.


Nenhum comentário:

Postar um comentário