GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO

domingo, 7 de março de 2021

Amanda Nunes atropela adversária e mantém cinturão do UFC

 

A lutadora Amanda Nunes atropelou a australiana Megan Anderson na madrugada deste domingo (7) e manteve o cinturão dos pesos-penas (até 66kg), pela segunda vez. A baiana finalizou a adversária em apenas 2m03s de luta no co-evento principal do UFC 259, realizado em Las Vegas, nos Estados Unidos. Com a vitória, a Leoa segue como campeã simultaneamente em duas categorias diferentes da franquia. Ela também é dona do título do peso-galo (até 61kg), que já fez cinco defesas seguidas.

 

Amanda subiu no octógono querendo resolver o combate o mais breve possível. A Leoa atacou com fortes cruzados e balançou Megan. No desequilíbrio, ela montou na australiana e pegou pelas costas. Com golpes no rosto, a baiana distraiu a adversária no chão e encaixou um triângulo invertido antes de acertar a chave de braço fazendo com a adversária desistisse da luta. 

 

Esta foi a 12ª vitória consecutiva de Amanda Nunes. É a segunda maior sequência da atualidade ficando atrás do lutador nigeriano Kamaru Usman, que soma 13 triunfos. No total, a baiana já venceu 21 lutas. O combate com Megan Anderson foi o primeiro da Leoa desde o nascimento da sua filha Reagan com a companheira Nina Ansaroff, que também é lutadora na categoria peso-palha (até 52,2kg).


Nenhum comentário:

Postar um comentário