GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO

terça-feira, 2 de fevereiro de 2021

Douglas comenta recuperação e aponta dúvida sobre presença contra o Fluminense

 

Dois dias após sofrer uma solada do zagueiro Leandro Castán no rosto, o goleiro Douglas ainda carrega as marcas do acidente no jogo contra o Vasco no último domingo (29), em São Januário. Apesar do susto e de toda a preocupação com o ocorrido, o jogador garantiu nesta terça-feira (2) que vem tendo uma recuperação boa.

 

"A recuperação tá sendo boa, apesar do susto grande e da pancada forte, a recuperação está sendo muito boa. Algumas dores posteriores normais, mas está sendo boa", explicou.

 

Estar melhorando, no entanto, não é uma garantia de presença em campo contra o Fluminense nesta quarta (3), às 21h30, na Arena Fonte Nova. Ele afirmou que o estafe está fazendo de tudo para que ele possa estar presente.

 

"Eu e todo o departamento de futebol, médico, estamos fazendo o possível para minha atuação. A gente não pode confirmar por fatores internos", indicou.

 

Segundo o goleiro, a maior preocupação pelo ocorrido foi a sua garganta, também atingida pelo jogador do clube carioca. Ele relatou momentos de tensão logo após a "chuteirada".

 

"Fiquei preocupado com a minha garganta porque senti que ela deu uma fechada. A maior preocupação foi com a dificuldade de respirar. Mas logo chegou o doutor, não perdi os sentido e aos poucos foi passando o susto", relatou.

 

O Bahia briga para não cair e agora tem dois jogos em casa ao seu dispor. Para Douglas, o Tricolor tem condições de conseguir bons resultados e se afastar da zona de perigo. 

 

"Acredito que é continuar evoluindo como time, como grupo. Dentro da Arena Fonte Nova temos feito bons jogos, um time efetivo, competitivo. A gente tem tudo para fazer bons jogos e conseguir os resultados que queremos", projetou.

 

Caso Douglas não reúna condições de jogo, Anderson é a primeira opção do técnico Dado Cavalcanti.


Nenhum comentário:

Postar um comentário