GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO

terça-feira, 1 de dezembro de 2020

Com vantagem, Bahia decide vaga nas quartas da Sul-Americana contra o Unión

 

O dia é de decisão para o Bahia. A partir das 19h15 desta terça-feira (1º), o Esquadrão de Aço decide a vaga nas quartas de final da Copa Sul-Americana contra o Unión Santa Fé no estádio 15 de Abril, em Santa Fé. Como venceu o primeiro jogo por 1 a 0, o Esquadrão de Aço pode até empatar.

 

A equipe chega para a partida após uma derrota para o São Paulo na Arena Fonte Nova e muito afetada pela Covid-19. 

 

Os problemas, no entanto, não tiram o foco de garantir a classificação. Foi o que afirmou o volante Edson em entrevista no CT do Colón na última segunda (30).

 

"A gente acredita que é o momento de superação. A gente sabe que esse jogo contra o São Paulo foi um jogo que a gente não esperava perder, um jogo que a gente procurava dar uma sequência de triunfos, no Campeonato Brasileiro, para buscar coisas maiores. A gente sabe que a gente tem tempo para isso ainda, mas a gente tem que virar a página, focar agora no Unión Santa Fe, que a gente sabe que é um jogo de suma importância para cada um de nós. Vamos procurar sair daqui classificados", disse.

 

Para a partida, o Tricolor não vai ter o goleiro Mateus Claus, os laterais Zeca e Juninho Capixaba, e o volante Ronaldo. Todos estão em isolamento por conta do coronavírus. Outro que segue fora é o técnico Mano Menezes. Com isso, Cláudio Prates segue no comando.

 

FICHA TÉCNICA
Unión Santa Fé x Bahia
Copa Sul-Americana - Oitavas de final (2º jogo)
Local: 15 de Abril, em Santa Fé
Data: 01/12/2020 (terça-feira)
Horário: 19h15
Árbitro: Jhon Ospina (COL)
Auxiliares: Sebastián Vela e Wilmar Navarro (ambos da Colômbia)
VAR: Carlos Betancur

 

Unión Santa Fé: Bonansea; Gerometta, Calderón, Godoy e Corvalán; Elizari, Assis, Zenón e Bucca; Cabrera e Garcia. Técnico: Leonardo Madelón.

 

Bahia: Douglas; Edson, Ernando, Juninho e Juninho Capixaba; Gregore, Ramon e Rodriguinho; Fessin, Élber e Gilberto. Técnico: Mano Menezes.


Nenhum comentário:

Postar um comentário