CÂMARA DE VEREADORES DE CAIRU

segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Bolt tomou decisão após conversar com Pelé


Quando Usain Bolt anunciou que iria jogar futebol após se aposentar do atletismo, teve muita gente que não deu bola e até duvidou do jamaicano. Um ano depois do Mundial de Londres que marcou a despedida das pistas do homem mais rápido da história, ele cumpriu sua promessa e tem se aventurado nos gramados. Deixou de calçar as sapatilhas douradas para usar chuteiras 46. Se o desempenho pelo Central Coast Mariners é irrisório, uma coisa é certa: aos 32 anos, Bolt continua um showman. O holofote que atraiu ao desconhecido Campeonato Australiano, inclusive, pode elevar a disputa a um outro patamar no cenário mundial.
Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, o agora jogador de futebol revela que foi ninguém menos do que Pelé quem o encorajou a continuar no esporte depois da aposentadoria no atletismo. “Tenho muitos ídolos no futebol. Conheci o “Grande Pelé” e foi ele quem me incentivou”, diz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário