Publicidade

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Chape 29/11: a tragédia que chocou o mundo


O Brasil acordou torcendo para que fosse apenas um desencontro de informações. Era difícil acreditar no que estava acontecendo. Esperávamos que, a qualquer momento, alguém nos acordasse daquele pesadelo. Mas era real. Há um ano, em 29 de novembro de 2016, a humanidade foi surpreendida pela maior tragédia aérea do futebol mundial.
A Chapecoense vinha escrevendo uma linda história na Copa Sul-Americana. Fundado em 1973, o clube do interior de Santa Catarina já havia passado por Cuiabá, Independiente, Junior Barranquilla e San Lorenzo. Na decisão, o desafio de enfrentar o Atlético Nacional, que, meses antes, havia sido campeão da Copa Libertadores da América.
Porém, o destino atravessou o caminho dos heróis de Chapecó até Medellín, na Colômbia. O voo LaMia 2933 não conseguiu chegar ao Aeroporto Internacional José María Córdova, em Rionegro, e chocou-se no Cerro Gordo, interrompendo a fantástica trajetória daquela equipe e chocando o planeta. Foram 71 mortos e seis sobreviventes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário