GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO

quinta-feira, 3 de março de 2022

Marcelo Cirino decide deixar o Bahia uma semana após o atentado ao ônibus do clube

 


O atacante Marcelo Cirino decidiu deixar o Bahia alegando motivos pessoais. A decisão ocorre uma semana depois do atentado a bomba contra o ônibus do Bahia, que levava a delegação para o jogo contra o Sampaio Corrêa na Arena Fonte Nova.

Cirino não foi relacionado para as últimas duas partidas  ao alegar abalo emocional devido ao atentado.

Segundo comunicado do Bahia, as partes acertaram a rescisão do contrato, que se encerraria no próximo ano, em comum acordo.

Cirino era quem estava mais próximo do local de entrada do explosivo, atrás do goleiro Danilo Fernandes, que precisou ser hospitalizado e amanhã realizará um procedimento no olho.

"O Esquadrão agradece os serviços prestados e deseja boa sorte na sequência da carreira", diz o comunicado do Bahia.

Cirino chegou ao Bahia em 2021, mas só pode jogar em 2022, após de recuperar de lesões. Com a camisa tricolor, ele disputou oito jogos e marcou dois gols.


Nenhum comentário:

Postar um comentário