GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO

terça-feira, 22 de fevereiro de 2022

Vasco entra em acordo com investidores e encaminha venda da SAF por R$ 700 milhões

 


Em processo de constituição de empresa para administrar seu futebol o Vasco encaminhou a venda da participação majoritária da sua futura Sociedade Anônima do Futebol (SAF) por R$ 700 milhões. Em Miami, nos Estados Unidos, o presidente do clube carioca, Jorge Salgado, fechou acordo com a 777 Partners. A negociação deverá levar três meses para ser concluída.

 

O acordo ainda é "não vinculante", isto é, não há obrigações para as partes envolvidas, até que o negócio seja consumado. Para isso, será necessária a aprovação de sócios e conselheiros do Vasco.

 

A 777 Partners oferece um investimento de R$ 700 milhões na SAF do Vasco ao longo dos próximos anos por 70% das ações da futura empresa do clube. Também existe uma predisposição para reformar São Januário e com isso a operação deverá superar o bilhão de reais.

 

O negócio é parecido com as operações feitas pelo Botafogo e Cruzeiro, vendidos respectivamente para o americano John Textor, e o ex-jogador Ronaldo Fenômeno. O Cruzmaltino constituirá uma empresa e vai transferir seus ativos e direitos relativos ao futebol. E o investidor passará a administrá-lo.

 

Fundada em 2015, a 777 Partners tem sede em Miami, nos Estados Unidos. A empresa investe em diferentes ramos como aviação, serviços financeiros, seguros, mídia e entretenimento. No futebol, a companhia comprou integralmente o Genoa, da Itália, e adquiriu participação minoritária no Sevilla, da Espanha. Além disso, o grupo ainda pretende comprar outros clubes na Europa e no exterior. No futebol brasileiro, a 777 também tem participações na 1190 Sports, responsável por vender os direitos de transmissão do Brasileirão, e Global Sports Right Management, que comercializa direitos de apostas, no campeonato nacional, e também fora do país. Além disso, o grupo também tem investimentos na Fanatz, que presta serviço de streaming exibindo campeonatos de futebol para o mercado americano.


Nenhum comentário:

Postar um comentário