GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO

sábado, 27 de novembro de 2021

Seleção terá observadores na Europa para monitorar possíveis adversários na Copa

 


A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) vai contratar observadores na Europa para monitorar possíveis adversários da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2022. Segundo o site ge.globo, a entidade busca um ou dois profissionais para fazer essa função.

 

A ideia da CBF em ter um observador técnico na Europa é para refinar o acompanhamento de outras seleções. No momento, esta função vem sendo feito pelo próprio técnico Tite e seus auxiliares que acompanham alguns jogos em outros países. Porém, o grupo não realiza esse trabalho 'in loco' há dois anos, por causa das restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus. Ele será retomado a partir da próxima quarta-feira (1º) e os destinos são França, Espanha, Itália e Inglaterra. A viagem ainda inclui visitas aos centros de treinamentos dos clubes europeus.

 

Entre 2016 e 2019, a função de observador internacional foi desempenhada por Sylvinho, auxiliar de Tite, que vivia na Europa. Porém, ele deixou a CBF ao aceitar a proposta para ser técnico do Lyon. Agora, o treinador comanda o Corinthians desde maio.

 

Para a Copa do Mundo de 2018, a CBF montou um projeto de observação com analistas de 19 clubes da Série A. O grupo produziu relatórios sobre as 31 seleções que participaram do Mundial disputado na Rússia.

 

Líder com folga da tabela das Eliminatórias da América do Sul com 35 pontos, seis a mais do que a segunda colocada Argentina, o Brasil já garantiu vaga na Copa do Mundo de 2022 com cinco rodadas de antecedência. Porém, só conhecerá seus adversários no dia 1º de abril do ano que vem quando será realizado o sorteio de grupos. O Mundial do Catar está marcado para acontecer entre os dias 21 de novembro e 18 de dezembro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário