domingo, 5 de setembro de 2021

Anvisa e PF interrompem partida entre Brasil e Argentina por descumprimento de protocolos sanitários

 


Mesmo após o acordo do governo federal com a Conmebol e a CBF, agentes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a Polícia Federal entraram em campo para interromper a partida das eliminatórias da Copa do Mundo entre o Brasil e a Argentina. Os quatro jogadores que ocultaram informações no formulário sanitário de entrada no país foram retirados do local seis minutos após o início do jogo.
 
Segundo uma nota divulgada mais cedo pela Anvisa, Emiliano Martínez, Buendía, Cristian Romero e Giovani Lo Celso não informaram que estiveram na Inglaterra para poderem participar dos jogo no Brasil. Considerando a situação um “risco sanitário grave”, o órgão acionou a PF para deportar os atletas argentinos do país.

Após o comunicado, a Conmebol e a CBF entraram em contato com governo federal e haviam conseguido mantê-los no jogo das eliminatórias da Copa do Mundo. Os quatro jogadores sairiam do país apenas após o fim da partida.


Fonte: Metro1


Nenhum comentário:

Postar um comentário

GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO