GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO

Click e acesse Radio Web Top Notícias

quinta-feira, 8 de julho de 2021

Final de Copa América impõe duelo entre astros e chance de Neymar igualar confronto com Messi

 


Está definida a final da Copa América! Na noite desta terça-feira (6), a Argentina bateu a Colômbia nos pênaltis por 3 a 2, após empate em 1 a 1 no tempo regulamentar, e vai enfrentar o Brasil na decisão do torneio. Após espetacular atuação do goleiro argentino Emiliano Martínez, que pegou três cobranças de pênalti dos adversários, quem estava presente no Mané Garrincha pode ver o craque Lionel Messi, o atacante autor do gol Lautaro Martínez e companhia vibrando com a classificação.

Esta será a décima final de Copa América entre Brasil e Argentina. Até 1991, a competição era majoritariamente disputada em sistema de pontos corridos. No retrospecto, a Argentina levou a melhor enquanto o torneio era conquistado sem uma grande final. Nas duas vezes em que o Brasil enfrentou os hermanos em jogo único e decisivo, em 2004 e 2007, foi campeão.

A estrela da seleção brasileira, Neymar, já havia apontado que desejava enfrentar a Argentina na grande final da competição no próximo sábado (10), no Maracanã. Citando amigos entre os hermanos, o camisa 10 disse que torcia para a Argentina na semifinal contra a Colômbia. Nos cinco embates entre Messi e Neymar, apenas um ocorreu enquanto os astros defendiam seus clubes. No total, o argentino leva ligeira vantagem: venceu três, contra duas do brasileiro. 

A trajetória brasileira na Copa América conta com cinco vitórias em seis jogos e um empate por 1 a 1 com o Equador, na última rodada da fase de grupos, quando Tite testou jogadores por já estar classificado. A Argentina tinha campanha igual até a semifinal contra a Colômbia, que resultou em um empate a mais que o Brasil no tempo regulamentar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário