GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO

quarta-feira, 9 de dezembro de 2020

SBT e Disney avaliam parceria para transmitir a Fórmula 1 em 2021, diz site

 

SBT e Disney estão avaliando fechar uma parceria para comprar os direitos de transmissão da Fórmula 1 de 2021. Atualmente a Globo é quem faz as exibições da categoria automobilística no Brasil, mas o contrato termina no final deste ano. De acordo com o site Uol Esporte, a Liberty Media, dona da F1, vê a união entre as emissoras de forma positiva.

 

Ainda segundo o Uol, o SBT transmitiria as corridas aos domingos na TV aberta, enquanto a ESPN Brasil, que pertence à Disney, exibiria os treinos livres da sexta-feira e do sábado, além da classificação do grid de largada. Além disso, o canal fechado ainda poderia escolher um horário alternativo para mostrar o VT da prova. Os custos da compra dos direitos seriam divididos entre as duas empresas, no entanto cada uma venderia suas cotas publicitárias para diferentes patrocinadores. 

 

SBT e Disney tem boa relação. Os americanos liberaram alguns dos seus profissionais para participarem de transmissões da Libertadores e da final do Campeonato Carioca pela emissora de Silvio Santos. Já na visão da Liberty Media, os dois canais juntos têm boa abrangência no país tanto quanto tem a Globo.

 

Vale ressaltar que ainda não existem negociações do SBT e Disney com a Liberty Media pela F1. As conversas entre as duas emissoras ainda estão acontecendo por meio dos seus altos executivos. Ao mesmo tempo a organizadora da categoria também mantém conversas com a Globo, que voltou atrás após anunciar que deixaria de transmitir as corridas do ano que vem, algo que não acontece desde 1981, por não concordar com os valores cobrados.

 

O Brasil representa a maior audiência da Fórmula 1 na TV aberta nas manhãs de domingo com 23,5% do alcance global.

 

A última etapa da temporada 2020 da Fórmula 1 acontece no próximo domingo (13) com o Grande Prêmio de Abu Dhabi. O piloto inglês Lewis Hamilton já garantiu a conquista do seu sétimo título de forma antecipada, assim como sua equipe, a Mercedes, pelo Mundial de construtores.


Nenhum comentário:

Postar um comentário