GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

CBF demite ex-jogador Washington após polêmica no jogo entre Caxias e Botafogo

CBF demite ex-jogador Washington após polêmica no jogo entre Caxias e Botafogo

O ex-jogador Washington Stecanela foi demitido da função de diretor de Desenvolvimento do Futebol Brasileiro pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A decisão da CBF veio após flagra durante a partida entre Caxias-RS e Botafogo-RJ pela Copa do Brasil na última quarta-feira (5).

O jogo, que classificou o time carioca para a próxima fase do campeonato, teve lance polêmico ao final do primeiro tempo e Washington foi registrado mostrando a jogada para a comissão técnica do Caxias através de celular. 

De acordo com o GloboEsporte.com, o ex-jogador estava em viagem e recebeu a informação da demissão por telefone pela CBF. Ele havia assumido a função em novembro do ano passado, substituindo Juninho Paulista, também ex-jogador, que assumiu vaga na coordenação da Seleção. A nota sobre a demissão de Washington foi divulgada pela Confederação na tarde desta quinta-feira (6).

Antes de assumir o cargo, o ex-jogador era secretário Nacional de Esportes, Educação, Lazer e Inclusão Social no atual governo de Jair Bolsonaro. Na carreira do futebol, Washington teve destaque jogando pelo Athletico-PR e pelo Fluminense. Nos dois times, ele foi artilheiro do Campeonato Brasileiro e foi campeão do mesmo torneio em 2010 pelo time carioca. Como técnico, ele esteve à frente do Vitória da Conquista, pela temporada de 2018, e do Itabaiana, no mesmo ano. A carreira de Washington começou no Caxias, jogando pela equipe sub-20 e passando depois para o profissional. 

Confira a nota da CBF:

"A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) informa que, em decorrência dos episódios registrados no jogo entre Caxias e Botafogo, válido pela Copa do Brasil nesta quarta-feira, 5, Washington Cerqueira foi desligado do cargo de Diretor de Desenvolvimento da entidade.

A CBF agradece a Washington pelos serviços prestados, reconhecendo suas inúmeras qualidades pessoais, sua capacidade como dirigente e sua grande trajetória como jogador".

Nenhum comentário:

Postar um comentário