segunda-feira, 15 de julho de 2019

Final entre Federer e Djokovic se torna a mais longa de Wimbledon

Final entre Federer e Djokovic se torna a mais longa de Wimbledon; veja os recordes dos Grand Slams

Além de um nível técnico invejável e muita emoção, o jogo vencido por Novak Djokovic contra Roger Federer neste domingo em Wimbledon entra também para a história como a final mais longa do torneio. Os tenistas atuaram por 4h57, com direito a decisão apenas no tie-break do quinto set após empate em 12/12. 
Wimbledon, aliás, é conhecido como um torneio de jogos longos. Foi no Grand Slam londrino que foi realizada a partida com a maior duração da história do tênis. John Isner e Nicolás Mahut atuaram por três dias - com interrupções, claro - num total de 11h05 em confronto que terminou com a vitória do americano por 70/68 no último set.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO