Publicidade

sábado, 9 de junho de 2018

A análise da pré-final do Valencianão 2018 na visão de Reinaldo Varjão


Nenhuma equipe entra em campo sem o desejo de vencer! Certamente este será o desejo comum de Skiva e Ipiranga no próximo domingo (10), no Estádio Antônio Sereia. Será a peleja das equipes que mais pontuaram na competição. Quem vencer levará para sua galeria um belo troféu de campeão e uma bonificação em dinheiro no valor de R$10.000,00 (dez mil reais).
Duas equipes acostumadas a grandes decisões. O Ipiranga enfrentou ao longo das fases anteriores adversários mais difíceis e superou todos, inclusive o Bolívia, atualmente considerado o “mais poderoso”.  Já o Rubro Negro de Bagdá, apesar do enfrentamento de equipes consideradas tecnicamente inferiores, sofreu para garantir a vaga para a grande final. Enfrentou na semifinal, a boa equipe do Bahia da Baixa Alegre. Venceu por um placar magro de 1 a 0.
Como nos diz o poeta de botequim: “domingo é a hora de a onça beber água”. Quem terá mais farinha no saco? Ipiranga ou Skiva?
O ex-craque de futebol e agora o craque das crônicas esportivas, Tostão nos diz o seguinte: “ A estratégia dos técnicos,  que vai muito além dos esquemas táticos, é importante para o desempenho e sucesso de um time. Porém não é mais importante do que a alma, a garra e a qualidade dos jogadores”.
Ipiranga e Skiva possuem bons jogadores em seus elencos. O Amarelo e Preto da Vila Operária leva uma ligeira vantagem por ter mais bala na agulha (dinheiro). Enquanto O Rubro Negro, também da Vila Operária, vem na base do suor e sangue superando suas dificuldades financeiras.
Por estas e por outras razões e por tratar-se de uma decisão, esta partida tem um caráter especial. Um jogo muito importante. Duas equipes com verdadeiros campeões. Ninguém entrará em campo para não vencer. Ocorre que para a conquista precisa de algo mais. Existem desejos e desejos. Resta saber quem dos dois terá alma de campeão! Esta é a minha opinião, segue o jogo…

Fonte: entrandonaarea

Nenhum comentário:

Postar um comentário