CÂMARA DE VEREADORES DE CAIRU

quinta-feira, 22 de março de 2018

Canoísta baiano morre de parada cardíaca.


A Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa) lamentou a morte do jovem baiano Ualef Silva Moreira, de 14 anos, na última quarta-feira (21). Ele estava internado em hospital, em Ilhéus, após sofrer uma parada cardíaca, mas não resistiu ao processo de reanimação. Ele era atleta da Associação Cacaueira de Canoagem.
Nascido em Ubaitaba, conterrâneo do medalhista olímpico Isaquías Queiroz, Ualef tinha um futuro promissor na canoagem e velocidade. Ele foi multimedalhista da categoria Menor nos campeonatos brasileiros da modalidade em 2016 e 2017. Devido a essas conquistas, ele se classificou para o Campeonato Sul-americano, disputado em novembro do ano passado, em Montevidéu, no Uruguai, e abocanhou duas medalhas de ouro ao lado de Cauan dos Santos Alves, no C2 1000m e 2000m Menor, e um bronze no C1 1000m Menor.
“Sua partida entristece a todos que enxergavam o futuro brilhante que Ualef tinha pela frente. A Canoagem Brasileira estende seu profundo pesar à família e amigos do atleta”, afirmou a CBCa em comunicado.
Ualef estava se preparando para disputar a Copa do Brasil, em Curitiba. O torneio está marcado para acontecer entre os dias 6 e 8 de abril.

(Com conteúdo entrandonaarea)

Nenhum comentário:

Postar um comentário