GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO

Click e acesse Radio Web Top Notícias

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Medina vai para repescagem e vê rival por título avançar no Havaí

Foto: Divulgação

O surfista brasileiro Gabriel Medina começou a etapa de Pipeline (Havaí), que decidirá o campeão mundial de surfe de 2017 e pela qual busca o bi, com o pé esquerdo. Nesta segunda-feira (11), o brasileiro ficou em último na quinta bateria e terá de disputar a repescagem para seguir na briga pelo título.
O vencedor foi Miguel Pupo, que também é brasileiro e recebeu a maior nota de Pipeline até a quinta bateria: 9.93 de média, o que significa que ganhou 10 de três dos cinco juízes. Ele avançou para a terceira rodada.
Uma grande recuperação fez com que Medina chegasse à última etapa do Mundial de Surfe com chances de ser campeão, mas ele não depende apenas de si mesmo para conquistar o bicampeonato. Ele enfrentará o havaiano Benji Brand na repescagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário