Publicidade

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Na Austrália para dois amistosos, Tite completa um ano à frente do comando do Brasil

Na Austrália para dois amistosos, Tite completa um ano à frente do comando do Brasil

A seleção brasileira treina nesta segunda-feira (5) pela primeira vez em Melbourne, na Austrália, onde nesta sexta-feira (9) enfrentará a Argentina e, quatro dias depois, os donos da casa. Os amistosos marcarão o aniversário dos primeiros 12 meses de Tite à frente do time nacional. Sob a batuta do treinador, a equipe registrou nove vitórias consecutivas, recuperou a liderança do ranking mundial da Fifa e se classificou antecipadamente para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

Tite foi anunciado oficialmente como técnico da seleção em 20 de junho do ano passado, seis dias após Dunga ser demitido devido à péssima campanha na Copa América Centenário, nos Estados Unidos - o Brasil acabou eliminado na primeira fase -, e à situação preocupante nas Eliminatórias. Àépoca, a seleção brasileira ocupava a sexta colocação e estava fora da zona de classificação para o Mundial da Rússia.
Os dois amistosos deste mês serão os primeiros que permitirão a Tite fazer os testes que sempre desejou. Sem Neymar, poupado, ele poderá avaliar como o Brasil se sai quando não puder contar com a sua principal estrela. O técnico também terá a chance de testar jogadores em outras posições. Reservadamente, o treinador já manifestou o interesse em colocar o meia Philippe Coutinho, do Liverpool, um pouco mais recuado.

Os jogos na Austrália também serão uma chance de jogadores que andavam esquecidos demonstrarem que ainda têm condições de disputar a próxima Copa do Mundo. O melhor exemplo é o zagueiro David Luiz, do Chelsea, convocado por Tite pela primeira vez e considerado pelo treinador como um atleta "versátil".

Nenhum comentário:

Postar um comentário