Publicidade

GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

segunda-feira, 13 de março de 2017

Jogadores de Gama e Brasiliense brigam e torcida invade o campo


Torcedores e jogadores das equipes do Gama e do Brasiliense protagonizaram cenas lamentáveis no Bezerrão, na tarde deste domingo (12/3). A partida, válida pela 9ª rodada do Campeonato Candango, teve que ser interrompida aos 43 minutos do segundo tempo por conta de uma briga generalizada dentro do estádio. O jogo terminou em empate de 1×1.
Perto do fim da partida, o atacante Nunes, do Brasiliense, e o lateral-direito Dudu (Gama) discutiram e trocaram empurrões após uma disputa de bola. A confusão entre os jogadores chegou às arquibancadas. Torcedores do alviverde e do Jacaré invadiram o campo e foram para o confronto.
No gramado, o que se viu foi uma briga generalizada. Torcedores das duas equipes trocaram socos e pontapés. Os apoiadores do Gama tentaram roubar faixas do Brasiliense, o que aumentou ainda mais a tensão. A polícia usou bombas de gás lacrimogênio para tentar conter a pancadaria.
Um torcedor do Brasiliense foi agredido pelos adversários, com chutes e socos. O homem foi arrastado para dentro do campo e teve as roupas arrancadas durante a briga.
O atacante Reinaldo, do Brasiliense, criticou a atitude dos jogadores do Gama. “Desde do primeiro tempo, eles estavam xingando todo mundo, fazendo gestos obscenos para o banco. Fiquei decepcionado com Baiano, jogador experiente, não poderia ter feito isso”, declarou.
Para o zagueiro Pedrão, do Gama, a confusão teve início por conta da postura dos atletas do Brasiliense. “Eles nos agrediram o jogo todo. Tudo isso é culpa deles. O Nunes foi covarde. Eles atacaram nossa comissão”, disparou.

VEJA O VÍDEO DAS CENAS DA BRIGA

Nenhum comentário:

Postar um comentário