GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO

domingo, 14 de novembro de 2021

Skate street: Pâmela Rosa é bicampeã mundial em dobradinha brasileira

 


A coroa do skate street feminino continua pertencendo a Pâmela Rosa. A paulista de 22 anos conquistou neste domingo (14), em Jacksonville, no estado da Flórida (Estados Unidos), o bicampeonato mundial da modalidade, que é praticada em obstáculos de rua, como escadarias ou corrimões.

Medalhista de prata na Olimpíada de Tóquio (Japão), Rayssa Leal ficou na segunda posição. A maranhense de apenas 13 anos repetiu o desempenho de 2019, quando também foi vice-campeã. A japonesa Momiji Nishiya, ouro em Tóquio, completou o pódio.

No primeiro momento, oito skatistas brigaram por quatro vagas na segunda parte da decisão, onde as atletas tiveram mais duas manobras para buscar o título. Rayssa avançou com a melhor somatória de notas (19.2). Pâmela se classificou no limite, em quarto (16.7), mas brilhou nas manobras finais, com um 7.7 e um 8.1, descartando notas mais baixas, enquanto as rivais não completaram os movimentos. A paulista foi a 21.8 de somatória e garantiu o primeiro lugar.

Ò título coroa a volta por cima de Pâmela após se recuperar de uma séria lesão no tornozelo esquerdo, sofrida durante um treino, que atrapalhou o rendimento em Tóquio. A brasileira, líder do ranking da World Skate (federação internacional da modalidade), ficou na décima posição nos Jogos e não foi além da fase eliminatória.

Ainda neste domingo, acontece a final masculina do Mundial de street, com três brasileiros. Lucas Rabelo e Kelvin Hoefler (prata em Tóquio) se classificaram na eliminatória do último sábado (13) e se juntaram a Felipe Gustavo, que já estava garantido na decisão. As disputas começaram às 16h (horário de Brasília).


Nenhum comentário:

Postar um comentário