GOVERNO DO ESTADO. BAHIA, AQUI É TRABALHO

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021

PM encontra medalhas roubadas de Arthur Nory em lixeira com carta de desculpas

 

A Polícia Militar de São Paulo recuperou as medalhas do ginasta Arthur Nory nesta terça-feira (9). Roubas da casa do atleta há quatro dias, elas foram encontradas numa lixeira em frente a uma casa em Osasco, região metropolitana de São Paulo. Junto com elas, havia uma carta com pedidos de desculpas deixada pelos ladrões.

 

"Muito muito obrigado! Pela corrente, por compartilharem o roubo. Recuperadas todas as medalhas. Estou me tremendo todo e vocês não imaginam a emoc?ão que e?! Muito obrigado polícia militar, polícia civil, Marcelo, Dilson, Soldado Luz, Soldado Marie, veículos de comunicação, tv, amigos, família, todos que estavam se mobilizando. Recuperadas em Osasco. Gratida?o a todos", escreveu Nory em publicação no Instagram.

 

De acordo com a PM, as medalhas foram encontradas após uma denúncia anônima no Jardim Adalgisa, em Osasco, nesta terça. O próprio Arthur Nory foi pessoalmente a sede de uma companhia da PM para retirar as medalhas recuperadas. Já na carta, que estava junto com as medalhas, escrita de próprio punho, estavam os pedidos de desculpas supostamente dos ladrões. Eles estavam arrependidos e ainda limparam todas elas. Eles disseram que se soubesse quem era o dono delas, não teria roubado e ainda esperam "queque o atleta obtenha mais condecorações defendendo o atletismo brasileiro".

 

O assalto ocorreu na última sexta (5), no bairro da Lapa, Zona Oeste da capital paulista. Dois homens entraram na casa de Nory e renderam duas pessoas, que foram amarradas e feitas de reféns. Eles levaram apenas as medalhas, exceto o bronze no solo conquistado nos Jogos Olímpicos Rio-2016 e o ouro nas barras fixas no Mundial de Ginástica de 2019. Após o ocorrido, a PanAm Sports, organizadora dos Jogos Pan-Americanos, anunciou que iria enviar novas medalhas ao atleta idênticas as da edição do evento de 2019 em Lima.




Nenhum comentário:

Postar um comentário