GOVERNO DA BAHIA

Fibrolink Telecom

Fibrolink Telecom

GOVERNO DA BAHIA

domingo, 14 de abril de 2019

Paulo Carneiro não descarta jogar na Fonte Nova e diz que Bahia não respeitou as leis


Candidato à presidência do Esporte Clube Vitória pela chapa “Vitória Gigante, Unido e Forte” contando com o apoio forte de Alexi Portela, Paulo Carneiro concedeu entrevista ao programa Nação Rubro-negra, na Rádio Itapoan FM, apresentado pelo repórter Anderson Matos. Se eleito, o ex-mandatário afirmou que não descarta jogar a Série B na Arena Fonte Nova no seu mandato e disparou que o Bahia não estava respeitando as leis.
“As leis são feitas para serem respeitadas. O Bahia não estava respeitando. Começou a jogar lá de forma ininterrupta e se sentiu no direito de avançar o sinal. O que essa ação de rubro-negros fez, foi dar um stop. O Vitória está estudando, e não está descartada, a possibilidade de jogar a série B toda lá. Pretendo ter uma reunião para discutir isso. Os direitos que o Bahia tem, quero também.”
Se eleito, Paulo Carneiro disse que conhecerá primeiro o trabalho de Cláudio Tencati antes de tomar uma decisão.  Veja abaixo:
Não conheço o treinador. Não costumo julgar treinador só por jogo. Preciso assistir ele dar treinamento, preleção. Quero saber se ele está dentro do que imagino para o Vitória. Ele é o treinador a partir do dia 26. Trabalhou seis anos em um clube formador. É uma característica que eu gosto. Formar jogador e acreditar no jovem.”
Sobre o afastamento de 9 jogadores e a dispensa do lateral-esquerdo Arroyo, o ex-mandatário detonou a diretoria.“Foi irresponsável a forma como foram feitas essas dez demissões. Isso deve ser feito a portas fechadas. Eu tranco a porta e estou pronto para falar e ouvir. Assim, você cria uma unidade e os resultados costumam aparecer.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário