CÂMARA DE VEREADORES DE CAIRU

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Promotoria dos EUA pede 10 anos de prisão para ex-presidente da CBF

Promotoria dos EUA pede 10 anos de prisão para ex-presidente da CBF

A promotoria dos Estados Unidos pediu dez anos de prisão e uma multa de até R$ 26 milhões para o ex-presidente da CBF José Maria Marin, que já foi condenado por crimes de corrupção no país. A informação consta de documento do Departamento de Estado na Justiça norte-americana. A defesa do ex-cartola requisitou sua liberação imediata, o que representaria cumprir 13 meses de prisão. A sentença sairá no próximo dia 22.

A alegação do Departamento de Estado dos EUA é de que Marin causou mais de US$ 150 milhões em prejuízo com seus atos. Seus crimes listados, pelos quais foi condenado, foram fraude eletrônica, conspiração e lavagem de dinheiro. Isso por receber propinas relacionadas aos contratos da Conmebol da Libertadores, da Copa América e da CBF, da Copa do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário