PUBLICIDADE

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Liedson é homenageado com nome permanente em troféu dos melhores do Intermunicipal

Liedson é homenageado com nome permanente em troféu dos melhores do Intermunicipal 

Aposentado dos gramados, o ex-jogador Liedson foi homenageado no evento de premiação dos melhores do Campeonato Intermunicipal 2018, nesta quarta-feira (16), no Wish Hotel da Bahia, em Salvador. Os nomes dos atletas premiados foi divulgado pela Federação Bahiana de Futebol (FBF) no último mês de dezembro (confira aqui) Daqui para frente, os troféus destinados aos melhores da competição terão o nome do ex-atacante que fez sucesso no futebol brasileiro e português.

"Graças a Deus estou recebendo a homenagem em vida. Estou muito feliz representando a minha cidade de Valença e também todo o Intermunicipal", falou. "Quem está no Intermunicipal pode pensar também que lá na frente pode disputar uma Copa do Mundo ou, no mínimo, jogar numa seleção de qualquer país. Meu conselho para quem disputa o Intermunicipal é: Acreditem, porque tudo é possível!", disse.

A porta de entrada de Liedson no futebol profissional foi através do Intermunicipal. Ele disputou a competição pela primeira vez em 1995 pela seleção de Valença. As boas atuações renderam um convite para um teste no Poções, clube que o revelou. O sucesso no Sporting, de Portugal, fez a federação do país convidá-lo a se naturalizar e defender a seleção. Ele também disputou a Copa do Mundo de 2010 pela seleção portuguesa.

"É um orgulho para mim ter disputado o Intermunicipal. Meu primeiro Intermunicipal foi em 1995 pela seleção de Valença e eu tinha 17 anos. O Intermunicipal, para nós do interior, é como se fosse nossa Copa do Mundo. Ela hoje mudou totalmente, muitos jogadores vivem disso. Desde já faço um apelo para os clubes e não só os times do interior como também os da capital, Bahia e Vitória, possam olhar com um pouco mais de carinho para as seleções do Intermunicipal, porque tem muita gente, muitas joias para serem lapidadas, eu sei disso. Eu vim de lá. Com 21 para 22 anos, fui fazer teste no Poções sem ter passado por uma base e já de cara ser aprovado. Minha vida foi como um foguete que subiu, fui profissional por 13 anos, mas em quatro anos já jogava na Europa . Quando você está preparado para as oportunidades você consegue. Por isso que eu falo que tem que apostar mais no Intermunicipal, tem que olhar melhor", discursou.

Não é a primeira vez que o nome de Liedson é dado a um troféu do Intermunicipal. Em 2016, a taça de campeão da competição também levou o seu nome.

Nenhum comentário:

Postar um comentário